Home / Redes Sociais /

5 problemas do Facebook que continuam por resolver

problemas do facebook

5 problemas do Facebook que continuam por resolver

AdobeStock

Em 11 anos, o Facebook provou ser muito mais do que um fenómeno. Com milhares de milhões de utilizadores, trata-se da maior rede social do mundo e tudo indica que este crescimento não vai abrandar nos próximos anos. Usada quer pessoalmente, quer a nível profissional, os utilizadores recorrem à plataforma para partilhar estados, fotografias, participar em grupos e fazer comentários.

No entanto, apesar de todas as funcionalidades e novidades que o Facebook nos trouxe desde 2004, há algumas que não resultaram tão bem como a plataforma esperava. Neste post, olhamos para 5 problemas do Facebook que têm dado algumas dores de cabeça a utilizadores e à própria empresa de Mark Zuckerberg.

Conheça a melhor ferramenta para Facebook e Instagram!

social-autoboots-novo-banner

5 problemas do Facebook

A febre dos eventos falsos

Uma das últimas modas do Facebook – que tem provado ser bastante irritante – passa pela criação de eventos falsos. Como sabemos, a rede social permite criar eventos, permitindo assim que a página seja divulgada e que utilizadores sejam convidados. De festas de aniversário a reuniões de negócios: a ferramenta pode ser utilizada para todo o tipo de ocasiões.

No entanto, o que o Facebook não esperava é que os utilizadores começassem a usar o planeador de eventos para outros propósitos. Basicamente, os utilizadores criam eventos para acontecimentos falsos e divertidos, que acabam por inundar o feed da rede social com uma quantidade gigantesca de SPAM. Sempre que alguém “Adere” ao evento, surge no seu feed uma publicação a dar-lhe conta do que aconteceu. Imagine agora o que acontece se 10 amigos seus aderirem a eventos.

Um desses eventos, por exemplo, tem como título os 10 cantos da epopeia “Os Lusíadas” de Luís Vaz de Camões.

lusiadas

Quando os jogos não têm piada

Quem nunca recebeu um convite para jogar no FarmVille? Já todos tiveram de passar por este tormento: receber uma notificação, por vezes no espaço de uma hora, de um novo amigo a convidá-lo para se juntar ao FarmVille. Mesmo que tenha dito “Não, não estou interessado em plantar couves virtuais”, os convites continuaram a chegar.

farmville

Apesar da moda do FarmVille não estar tão em alta como estava há cinco anos atrás, a verdade é que a rede social continua a hospedar milhares de outros jogos que continuam a ser pretexto para notificações. O sistema é simples: para que um jogador consiga completar uma determinada tarefa, deve convidar os seus amigos para o jogo.

Embora exista a possibilidade de “censurar” um determinado jogo para que não volte a receber notificações, o problema é que estão sempre a aparecer novas aplicações.

Vamos celebrar/lamentar o seu ano!

Em dezembro de 2014, para celebrar o final do ano, o Facebook voltou a lançar uma ferramenta dinâmica que procura ser divertida. No entanto, o A Year in Review provou ser mais um fracasso do que um sucesso. Porquê? Basicamente, apontamos 2 motivos.

Templates

Primeiro, como acontece com os eventos falsos, o A Year in Review gerou uma enorme quantidade de SPAM. Ao permitir a hipótese de partilhar o vídeo que mostra quais as publicações mais populares do seu ano, está a contribuir para um feed repleto de outros vídeos. Por vezes, o resultado era mesmo esse: tinha de passar por 3 ou 4 vídeos seguidos até encontrar uma publicação que não tivesse como título A Year in Review.

fbyear.jpg.CROP.promovar-mediumlarge

O segundo motivo passa pelo método usado para a criação deste vídeo. Basicamente, o vídeo teve como base um algoritmo capaz de detetar as publicações com mais “Likes” e comentários. O resultado? Milhares de utilizadores viram no seu vídeo poucos motivos para celebrar. O caso mais polémico foi o de Eric Meyer, um utilizador que tinha a fotografia da filha a aparecer em primeiro plano no vídeo. O problema, no entanto, é que semanas antes Eric Meyer tinha perdido a filha, vítima de cancro cerebral.

Publicidade, publicidade… e mais publicidade

pub

Como sabemos, a principal fonte de lucro das redes sociais e de grande parte dos websites na Internet passa pela publicidade. Embora o Facebook permita esconder publicações de determinadas páginas ou amigos, usando um algoritmo que direciona os anúncios para o perfil de cada utilizador, é impossível deixar de ter publicidade a aparecer nas secções laterais do Facebook.

Malware

Um problema que tem sido frequentemente apontado no Facebook é a existência de publicações automáticas nos perfis pessoais. Encarado como um malware, este problema continua a escapar ao controle do Facebook. Basicamente, tratam-se de vírus que invadem as costas de utilizadores para espalhar publicidade não autorizada.

OUTROS ARTIGOS INTERESSANTES SOBRE FACEBOOK:

Como fazer um currículo original? Conheça os melhores exemplos

A melhor estratégia para que o seu negócio tenha sucesso no Facebook

Como ganhar curtidas no Facebook?

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
 

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]