Home / Archives /

Comércio Eletrónico

Comércio Eletrónico / 89 posts encontrados

The Retailer, um tema WordPress para consumidores exigentes

O Retailer é um template WordPress altamente versátil que se adapta às diferentes necessidades do blogger ou empresário. Ideal para sites multifuncionais, permite a criação de áreas para loja online, portefólios pessoais ou de empresas, páginas corporativas e blogues. Se pretende que o seu site tenha tudo isto, esta é sem dúvida a opção indicada para si.

Restaurant: o tema WordPress para sites de restaurantes

Chama-se The Restaurant e o nome diz tudo: é o tema indicado para todos aqueles que pretendem transpor um restaurante físico para o ciberespaço. O template aposta na imagem e é o instrumento ideal para deixar qualquer um de água na boca. Altamente versátil, The Restaurant permite-lhe não só apresentar os seus serviços, menus e pratos, como permite a criação uma zona de Take Away para que possa expandir o seu negócio.

Mazine, o tema WordPress para e-commerce

Todos sabemos que a forma como apresentamos o nosso site determina a percepção que o cliente tem da marca e dos produtos. Um design cuidado e uma plataforma funcional transmitem a ideia implícita de uma empresa credível e confiável. Leia este artigo e conheça o Mazine, o tema de e-commerce que o ajuda a criar um site rapidamente com a garantia de que o resultado será positivo.

Blanco: o template WordPress premium simples e fácil de usar

Altamente intuitivo, o Blanco é o template indicado para aqueles que queres criar um site com um aspecto profissional sem muito esforço. O tema é customizavel e oferece várias soluções de organização dos elementos de maneira a que possa ajustar todos os produtos da forma que considerar mais convenientes. Descrito por alguns como um dos mais poderosos templates de WordPress alguma vez criado, o Blanco funciona de forma integrada tanto com o GetShopped.Org – Online Store Plugin for WordPress, como com com o WooCommerce. O design clean e o estabelecimento correcto de áreas usadas para diferentes fins tornam a página atractiva ao cliente e prometem resultados que se traduzirão no aumento das vendas.

Top 10 de templates de e-commerce para WordPress

Embora esteja associado ao mundo da blogosfera, o WordPress é um sistema de gerenciamento de conteúdos que pode ser utilizado não só na criação de blogs, como para criar sites de empresas e lojas online. Neste post, damos-lhe a conhecer o Top 10 de templates de e-commerce mais utilizados. Escolha aquele que melhor se adequa às suas necessidades e avance para a criação ou remodelação da sua loja online. Lembre-se que um design cuidado corresponde a uma maior credibilidade – que, por sua vez, se traduz num possível aumento de vendas.

Imagens que falam por si com o template WordPress Flat Responsive

Se acredita na força da imagem, o Flat Responsive é, sem dúvida, o template de WordPress ideal para si. Fácil de instalar, é WooCommerce responsive e, certamente, proporcionará ao seu consumidor uma experiência única. Transmita a qualidade da sua marca para o seu site e opte pela criação de um site clean e apelativo. O Flat Responsive é, por isso, indicado para a criação de lojas de roupa ou outro tipo de negócios onde ver o produto pode ser determinante na altura da compra. Um design cuidado fará com que o seu consumidor lhe atribua credibilidade, mesmo de forma inconsciente. Lembre-se que o primeiro contacto é extremamente importante e pode fazer a diferença entre comprar na sua loja ou procurar um produto igual ou semelhante no site do seu concorrente.

Kallyas, o template responsive com múltiplas utilizações

Criado em fevereiro de 2013, o Kallyas define-se como um dos templates mais completos do mercado. No espaço de cerca de um ano e meio, já serviu os propósitos de quase 12 500 utilizadores que procuravam soluções para a criação de sites e lojas online. Os segredos por traz deste número prendem-se essencialmente com a fácil customização de páginas que permitem a qualquer pessoa com os mínimos conhecimentos informáticos criar páginas apelativas e altamente funcionais.

10 erros que não pode cometer se faz vendas pela Internet

O potencial que a Internet trouxe ao mundo do comércio é inegável. Há meio século atrás era impensável sequer que pudesse existir um sistema de compras baseado na Internet: confiar no ecrã para conhecer o produto, pagar sem conhecermos o vendedor e receber um artigo do outro lado do mundo sem sairmos de casa. Neste post, compilamos alguns dos piores erros cometidos por vendedores online e que podem comprometer o futuro do negócio.

As novas regras do comércio eletrónico

Apesar do crescimento do comércio electrónico ainda há alguma desconfiança por parte dos consumidores no que diz respeito à realização de compras online. Para a maior parte das pessoas esta alternativa é apenas considerada quando o produto pretendido não está disponível numa loja física. Para fazer face a esta insegurança, a União Europeia aprovou em fevereiro de 2014 uma diretiva que tem como principal objectivo salvaguardar os direitos do consumidor. Ainda assim, a falta de clareza de alguns pontos presentes na lista de regras do comércio eletrónico gerou polémica.

O que é o PageRank?

Falar de SEO (Search Engine Optimization) sem referir o termo PageRank (PR) é quase como falar de Marketing Digital sem mencionar o Google. Para os que nunca ouviram falar de PageRank convém explicar que se trata de um algoritmo utilizado pelo Google para avaliar a relevância de cada website da Internet e para ordenar os milhares de milhões de página que indexa. A fórmula matemática atribui a cada página uma avaliação de 0 a 10, equivalendo 10 à pontuação máxima e 0 à mínima. Os números são arredondados de modo a que a classificação perfaça sempre um número inteiro.

E-Commerce: um fenómeno cada vez mais português

A Internet abriu portas para novas oportunidades de negócio. Atualmente à distância de um simples clique é possível encomendar um qualquer produto de uma empresa situada do outro lado do mundo. E, embora ainda haja algumas reticências, a verdade é que o fenómeno do e-commerce é cada vez mais português. De acordo com um estudo realizado pela Associação do Comércio Eletrónico e da Publicidade (ACEPI) em conjunto com a Netsonda, os consumidores portugueses não só estão a fazer mais compras na Internet, como estão a usar muito mais o telemóvel para comprar.
[instagram-feed]