Home / Estratégia Digital /

Chris Hughes, o miúdo prodígio que ajudou Obama a vencer

Chris Hughes, o miúdo prodígio que ajudou Obama a vencer

Blog Mário Caetano

Chris Hughes faz 31 anos em novembro deste ano. Desde jovem esteve envolvido em projetos de sucesso online que mudaram o mundo: ajudou Mark Zuckerberg a criar o Facebook e foi o homem por trás da campanha digital que fez com que Barack Obama se tornasse o primeiro presidente negro dos Estados Unidos da América.

Estudante de História e Literatura na mais prestigiada universidade norte-americana, a Universidade de Harvard, Chris Hughes partilhou o quarto com Mark Zuckerberg. O seu trabalho conjunto fez com que se tornasse cofundador daquela que é, atualmente, a rede social mais utilizada em todo o Mundo.

Com 24 anos, Hughes abraçou o desafio de se tornar o responsável pela campanha de Barack Obama. A vitória fez com que o jovem fosse escolhido, em 2009, para um especial da revista “Fast Company”. O título, em letras garrafais, presente na capa era: “O miúdo que levou Obama à Presidência”.

Interessado em novos desafios, o “miúdo” comprou, em 2012, a revista The New Republic, uma magazine que se encontra há mais de cem anos em declínio. O desafio passava pelo aumento das vendas.

MarketSamuraiBanner2

O primeiro acto de gestão passou pela remoção da opinião política e do posicionamento ideológico da publicação. A aposta em reportagens e num jornalismo isento fez com que os primeiros números, após a sua chegada, vendessem mais 10 mil exemplares do que a versão anterior.

No que diz respeito à sua vida pessoal, Chris Hughes é assumidamente homossexual e representou um papel importante na luta pela defesa do casamento entre pessoas do mesmo sexo. O noivado com Sean Eldrige, responsável pelo movimento Freedom to Marry, foi anunciado no início de 2011 e ambos marcaram presença no Baile Inaugural do segundo mandato de Barack Obama, onde o tema esteve em discussão.

Templates

LEIA AGORA OUTROS ARTIGOS INTERESSANTES SOBRE O PAPEL ATIVISTA DA INTERNET:

Adolescente relata no Twitter o terror que vive em Gaza

Yoani Sánchez, a blogger que desafiou o regime cubano

Malala, a rapariga que ergueu a voz contra o regime talibã

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
 

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]