Home / Jornalismo Digital /

Facebook Community Help: um recurso para ajudar vítimas de catástrofes

Facebook Community Help: um recurso para ajudar vítimas de catástrofes

 

O Facebook emergiu para se tornar numa das plataformas mais importantes da actualidade. No entanto, mais do que servir os nossos propósitos pessoais, e nos permitir partilhar os vários momentos do nosso dia-a-dia, o Facebook assume também um importante papel humanitário.

O Safety Check é uma das opções de que o Facebook dispõe para ser mais do que aquilo que é. O nome do botão de segurança permite aos utilizadores do Facebook avisarem familiares e amigos quase instantaneamente sobre o seu estado, caso se encontrem num local assolado por um desastre.

Como provavelmente já assistiu, o botão é ativado quando acontece uma catástrofe e localiza o utilizador – através da cidade listada no perfil da rede social, updates recentes de locais em aplicações e da cidade em que está a utilizar a internet -, para perceber se este encontra numa zona afetada. No caso de se confirmar que sim, o utilizador recebe imediatamente uma notificação a perguntar se se encontra bem.

Se está seguro, basta selecionar a opção “Estou bem” e uma atualização do feed de notícias será gerada automaticamente com essa informação. Caso esteja acompanhado de amigos na mesma situação, pode também marcá-los como estando seguros.

Além do mais, terá ainda acesso a uma lista completa de todos os amigos e familiares que foram listados como estando numa zona afetada, assim como as notificações geradas pelos Safety Check de cada um, com o respetivo estado. No caso da localização tiver sido detetada erradamente e não estiver numa zona de perigo, basta marcar-se como fora da área afetada quando surge a notificação.

 

Depois do Safety Check, chega o Community Help

A ideia surgiu depois do terramoto e tsunami no Japão, em 2011, ao verificar-se que muitos dos sobreviventes utilizaram as redes sociais para se manterem em contacto com a família. No entanto, desde então que o Facebook tem procurado melhorar esta funcionalidade.

E é assim que, em pleno ano de 2017, a rede social de Mark Zuckerberg anunciou que em breve permitirá aos utilizadores norte-americanos levantarem e doarem dinheiro por meio da ferramenta Safety Check, facilitando a ajuda a pessoas afetadas por desastres naturais e ataques violentos.

Agora, com o Community Help, a empresa de Zuckerberg quer pôr em contacto pessoas em circunstâncias de emergência com outras que estejam disponíveis para ajudar, seja através do fornecimento de abrigo, alimentação ou transporte.

Para já, esta atualização ainda só está disponível nos Estados Unidos, Austrália, Canadá, Índia, Nova Zelândia e Arábia Saudita. Contudo, o Facebook espera alargar a funcionalidade a outros países muito em breve. O Community Help inclui também uma lista de recomendações de segurança e só poderá ser utilizado numa localização na qual a rede social tenha identificado uma situação de alarme e, por isso, ativado o Safety Check.

OCTOSUITE

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]