Home / Estratégia Digital /

Conheça os 7 mandamentos do LinkedIn

Conheça os 7 mandamentos do LinkedIn

E-Goi

Reúne 3,3 milhões de empresas, mais de 268 milhões de utilizadores e está disponível, em 20 línguas, em 200 países do mundo. São estes os números que conta a história de sucesso do LinkedIn (https://pt.linkedin.com/), a rede que junta empresas e trabalhadores na mesma plataforma eletrónica. As estatísticas são surpreendentes e comprovam a utilidade deste site que é bem mais do que um simples repositório de currículos.

Só em 2013, a empresa conseguiu um lucro de 266 milhões de euros. Os ganhos foram acompanhados por uma valorização 600% na bolsa e são um reflexo da importância desta rede no contexto atual. Útil para empresas e trabalhadores, o LinkedIn promove contactos entre pessoas à procura de novas oportunidades e ajuda as empresas a encontrar novos talentos.
Com 1,8 milhões de grupos em áreas distintas de trabalho, esta rede profissional é um sucesso em Portugal. Ao todo, existem 1,7 milhões de utilizadores individuais portugueses registados. A expressão é menos significativa, mas ainda assim existem 11 500 empresas nacionais a utilizar a plataforma.

Neste artigo, damos-lhe a conhecer os 7 mandamentos do LinkedIn, ou seja, os princípios basilares que deve ter em conta se quiser conseguir uma oportunidade de emprego através desta plataforma. Portugal está na 27.ª posição do ranking dos países com mais utilizadores – sendo que os Estados Unidos da América, Índia, Brasil, Reino Unido e Canadá ocupam os cinco primeiros lugares. Crie a sua conta e faça parte da maior rede de profissionais de todo o Mundo.

O perfil

O perfil é o cartão-de-visita de quem o procura. Deve, por isso, causar um impacto positivo através de uma fotografia profissional e um título apelativo. Escreva uma pequena apresentação, onde refira os principais cargos exercidos, competências e objetivos. Enriqueça a sua página com vídeos, fotografias, PDF’s ou hiperligações que comprovem a sua experiência profissional. É imperativo que adicione a sua formação académica e que preencha as várias secções do perfil.

A privacidade

Antes de começar a utilizar a rede, procure informar-se, de forma a tirar partido dos níveis de controlo de privacidade disponíveis. Se estiver à procura de novas oportunidades de trabalho e ainda estiver a trabalhar para uma empresa, é importante saber como ocultar a sua atividade do seu patrão, por exemplo.

A rede

Estabeleça critérios e comece a expandir a sua rede de contactos. Lembre-se que o objetivo principal do LinkedIn é profissional, pelo que as pessoas a convidar devem estar relacionadas com a sua área de trabalho.

Os grupos

O LinkedIn agrega profissionais de áreas de trabalho muito distintas. Aderindo a grupos, poderá entrar em contacto com pessoas da sua área de trabalho ou de interesse. É importante que tenha uma postura ativa e partilhe as suas ideias. Desta forma, poderá despertar o interesse em alguém e abrir novas oportunidades de emprego ou de negócio.

Ofertas de emprego

A plataforma disponibiliza todos os meses mais de 300 mil ofertas de emprego. Vá acompanhando e inscreva-se naquelas que se adequarem aos seus objetivos. Quem sabe se o próximo emprego não está à distância de um simples clique?

Mensagens

Não basta estabelecer contactos com pessoas ou empresas. É necessário mantê-los e fazê-los de forma correta. Envie mensagens personalizadas e seja cordial. Tenha atenção para não exagerar. Lembre-se que não há uma segunda chance para criar uma primeira boa impressão.

Mídia Kit Blog Estratégia Digital

Planeamento

É necessário que encare o LinkedIn de forma séria. Para concretizar os seus objetivos, estabeleça etapas delimitadas no tempo e escolha as ações. Partilhas pontuais e atualizações irregulares não terão a eficácia desejada. Crie uma presença forte e otimize a sua rede. Ter apenas um perfil está longe de ser o suficiente.

Em 2013, o LinkedIn foi a empresa que gerou mais oportunidades de emprego. Falemos, por exemplo, do caso do Google que, através desta plataforma, recebe cerca de 2 milhões de candidaturas, todos os anos. Ao todo, entre cinco a sete mil pessoas por ano são selecionadas e contratadas. Utilizando a estratégia certa e seguindo estes 7 mandamentos, quem sabe se você não será o próximo.

OUTROS ARTIGOS RELACIONADOS COM ESTE POST:

Qual a situação do Marketing Digital nas empresas portuguesas?

Descubra os livros mais lidos de Marketing Digital

O que vai aprender no Curso 8Ps do Marketing Digital

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
 

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]