Home / Comércio Eletrónico /

7 momentos que marcaram a história do e-commerce

7 momentos que marcaram a história do e-commerce

O e-commerce iniciou um novo capítulo da história da economia e do próprio setor comercial. Ao longo da história, o comércio foi-se transformando, adaptando-se ao meio e às descobertas de cada época. Em vez de moedas e notas, houve uma altura, no período da antiguidade clássica, em que os pagamentos tinham como base pedras e metais preciosas e as mercadorias demoravam anos a alcançar o destinatário.

Hoje, o mundo está em nossa casa e podemos em meia dúzia de cliques comprar qualquer item, mesmo que esteja do outro lado do mundo… e sem tocar em dinheiro! Ainda assim, existem barreiras a derrubar. Há ainda muitas empresas e consumidores a encarar as mudanças com dificuldade, ficando para trás e até mesmo fora do mercado.

Neste post, apresentamos 7 momentos que marcaram a história do e-commerce para que perceba o trajeto que já foi percorrido e todo o potencial que o e-commerce tem ainda para dar.

7 momentos que marcaram a história do e-commerce

1888 – Nasce o comércio eletrónico

Comércio eletrónico. Quando é que as duas palavras se juntaram pela primeira vez? Na verdade, ao contrário do que muitos pensam, surgiu quase um século antes da própria Internet ganhar forma. A Sears, uma empresa norte-americana de relógios, começou a desenvolver o conceito e era muito diferente daquele que conhecemos hoje.

O princípio básico seria vender produtos à distância. As encomendas chegavam através do telégrafo, após os consumidores escolherem os produtos que pretendiam no catálogo da empresa. A Sears procedia então ao envio do produto… longe de adivinhar que acabava de lançar as bases para uma nova forma de vender e comprar! É aqui que começa a história do e-commerce.

1979 – Comprar na Internet

Com a criação da Internet, não tardou a surgir a ideia de replicar o conceito de comércio a este novo meio em crescimento. Assim, logo em 1979, Michael Aldrich começou a desenhar o conceito de venda eletrónica que tanto se podia aplicar a negócios B2B (business to business) como a negócios B2C (business to consumer).

Todos os modelos assentavam na participação de consumidores que, a partir dos seus computadores, podiam adquirir bens e serviços de qualquer vendedor na Internet. O engenheiro informático dedicou-se a esta área nos anos que se seguiram.

E-Book para Bloggers

Conheça a melhor ferramenta para Facebook e Instagram!

1981 – A primeira transação B2B

Em 1981, acontece então a primeira transação comercial pela Internet. A agência de viagens Thomson Holidays seleccionou 66 agentes de viagens por toda a Inglaterra para que levassem a cabo aquela que foi considerada a primeira transação B2B do e-commerce. Os agentes extraíam dados online e respondiam instantaneamente aos seus clientes.

1990 – O comércio eletrónico como o conhece hoje

O início da última década do século XX marcou o começo de um novo capítulo na história do e-commerce. Foi em 1990 que surgiu o primeiro navegador web, o WorldWideWeb – mais tarde renomeado como Nexus – que funcionava como interface para aceder à Internet através de um formato gráfico. Aqui, são lançadas também todas as condições necessárias para a popularização da Internet. Bastariam 10 anos para que a Internet se tornasse um meio importante em todo o mundo, quer a nível pessoal, quer profissional.

1994 – A primeira venda

Uma pizza de cogumelos e pepperoni com queijo extra: tratou-se do primeiro produto vendido na Internet, pela PizzaHut. O então PizzaNet – o sistema de encomenda de pizzas da maior cadeia mundial de pizzas – registou a sua primeira venda. Para ver o site, clique aqui.

1995 – Nascem dois gigantes do e-commerce

O ano de 1995 foi marcado pelo nascimento de dois dos maiores gigantes do comércio eletrónico. A Amazon e o eBay são lançados pela primeira vez, revolucionando em poucos anos a forma como se vende na Internet. Desde artigos de cozinha, a livros, filmes e até mesmo roupa, estes dois websites provaram que na Internet é possível vender tudo e para qualquer canto do mundo.

2004 – O amanhecer das redes sociais

Em 2004, Mark Zuckerberg, um estudante da Universidade de Harvard, cria um website que não passava de uma mera brincadeira. A ideia, no entanto, levou-o mais longe e o Facebook reúne hoje milhares de milhões de utilizadores de todo o mundo, um número que continua a crescer em todos os sentidos. Como seria de esperar, o comércio eletrónico começou também a tirar partido da rede. Milhares de empresas criaram páginas empresariais para alcançar o público e o Facebook é atualmente uma das ferramentas mais poderosas a nível de marketing.

 

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]