Home / 3º P - Produção /

Como criar uma nova identidade de marca para o seu negócio

Como criar uma nova identidade de marca para o seu negócio

Projetar uma identidade de marca para o seu negócio é um processo divertido e criativo, mas a pressão para criar um design que represente os valores do seu negócio e tenha apelo comercial pode parecer uma barreira muito difícil de ultrapassar.

Seguir um plano de ação estruturado irá ajudá-lo a evitar a fuga de pensamentos e a manter as suas ideias a avançar.

Neste artigo compartilho 3 passos para abordar um projeto de design de marca, que ajudará a sua identidade empresarial a se sentir única, desenvolvida e super profissional.

Como criar uma identidade de marca de raíz

Ao desenhar uma marca, o número de tarefas a serem feitas, por exemplo Gerar nome (pode usar ferramentas de nomeação), Logotipo, Website e documentos de identidade gráfica, pode ser esmagador. Quebrar o processo em pedaços gerenciáveis permitirá que você equilibre trabalhos criativos e administrativos, o que leva a um verdadeiro progresso.

1 – Faça a sua pesquisa

Nenhum negócio existe num vácuo, isso é óbvio. Mas é incrível como muitos empresários esquecem completamente isso quando embarcam num projeto de design de marca.

Muitos vão mergulhar em ideias de design imediatamente, negligenciando o fato de que sua marca irá inevitavelmente existir num mercado competitivo.

Para evitar parecer que a sua marca foi desenhada por um alienígena ou, pior ainda, para evitar imitar erroneamente um design existente (veja o infeliz debate sobre o logotipo de Tóquio 2020 como um exemplo extremo), você precisa fazer alguma pesquisa sobre as marcas dos seus concorrentes.

Se você é um criativo freelancer, dê uma olhada na forma como as empresas de design locais e agências de publicidade se apresentam online e nos seus escritórios.

Projetando uma marca para um produto? Procure no Google pelo seu setor de mercado e mude a aba para imagens de forma a obter uma noção do que é considerado apropriado (leia-se: vendável) para as marcas na sua indústria.

O Pinterest é um recurso brilhante para pesquisar quais marcas num determinado setor são mais consideradas pelo seu design.

2 – Conheça o seu nicho

Ok, vamos assumir que você já olhou para a concorrência e dissecou como eles abordam os seus próprios designs de marca. Agora precisa de arquivar esse conhecimento para a parte de trás do seu cérebro e concentrar-se no objetivo de sua marca.

A parte complicada? Como você pode garantir que a sua marca se encaixa no setor de mercado certo, e de alguma forma parece relevante contra as marcas concorrentes, assim como se certificar de que sua marca não é apenas única, mas também superior a esses concorrentes?

Imagine ficar olhando para uma pintura de Van Gogh durante horas, e então alguém diz-lhe para pintar algo parecido, mas diferente e ainda melhor. Não é um feito fácil, certo?

Agora que você juntou a sua lista de pesquisa de marcas concorrentes, então pode colocar isso de lado por enquanto. Não se preocupe – você não vai esquecer como eram as marcas concorrentes agora que você passou o tempo pesquisando-as.

O que é importante é que você se sinta em posição de criar um design de marca que pareça fresco e único. Um design que referencia o seu posicionamento contra essas marcas concorrentes sem copiá-las.

3 – Colocar Lápis no Papel

Quando um consumidor entra em contato com uma marca pela primeira vez, a primeira coisa visual que ele pode encontrar é o logotipo da marca. Qual é a primeira coisa que você vê na placa de uma loja? Sim, o logotipo. O que tem na lateral da sua chávena do café da manhã? Você adivinhou.

A menos que você esteja encontrando um produto às cegas – diga, por exemplo, que você experimenta um produto que um amigo já comprou sem antes conhecer a sua marca – é quase impossível interagir com um produto sem antes ver o logotipo da empresa que o fabrica.

Para a maioria das marcas, o seu logotipo é uma interpretação condensada de tudo o que a marca representa. Você pode interpretar muita informação sobre um negócio apenas a partir do seu logotipo.

Eles podem ter optado por uma fonte serifa para parecer mais formal ou elegante, enquanto uma fonte script pode fazer com que uma marca se sinta mais casual e orientada para o artesanato.

A Psicologia da cor é um factor a ter em conta. Por exemplo demasiado laranja transmite sentimentos otimistas e positivo, enquanto o azul é calmante e representa algo tecnológico. Trazer um tom metálico como ouro ou cobre pode aumentar o fator luxo e fazer com que uma marca se sinta mais aspiracional.

Porque um logotipo não é apenas o primeiro porto de escala para os clientes da sua marca, mas também um resumo visual de tudo o que você quer que a sua marca seja, o logotipo é um ponto de partida natural para criar o seu design de identidade de marca.

Para começar a criar um logotipo você precisa se afastar do computador por enquanto. Pegue uma caneta ou lápis, e um bloco de esboços grande. Comece por desenhar rabiscos rápidos que representem ideias básicas.

Estes são 3 pontos que deve considerar para começar. E aí, está pronto para arrancar?

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
Hostinger

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]