Home / Jornalismo Digital /

O acesso à Internet no Brasil cresceu e o uso do mobile também

Internet no Brasil

O acesso à Internet no Brasil cresceu e o uso do mobile também

 

A comunidade digital brasileira continua a crescer e não é difícil perceber porquê. De acordo com um estudo de mercado realizado no Brasil, a quantidade de brasileiros com 10 anos ou mais a aceder à Internet cresceu 7,1% em 2015, face ao ano anterior, totalizando um aumento de 102,1 milhões de pessoas a aceder à Internet.

Os números são muito positivos, significando que houve um aumento de 3,1 pontos percentuais (p.p.) da proporção de utilizadores em relação à população total aumentou 57,5%.

Entretanto, numa análise demográfica, o estudo permitiu identificar como se encontram distribuídos os utilizadores por faixa etária. Assim sendo, maior proporção de utilizadores encontra-se na faixa etária dos 15 e 17 anos (82%) e de 18 a 19 anos (82,9%). Mas esta não é novidade nenhuma.

A surpresa está no facto de se ter registado um maior crescimento nos grupos de 40 a 49 anos (3,9 p.p., passando a 55,3% em 2015) e de 50 anos ou mais (3,5 p.p., ficando em 27,8%).

Mais detalhes revelam que a proporção de utilizadores do sexo feminino aumentou 7,5%, ficando em 58%. Entretanto, há menos homens a usar a Internet no Brasil: 56,8%.

 

Internet no Brasil: do computador ao mobile

O Pnad indica que o avanço na população que acede à Internet não foi por computador, mas por dispositivos móveis. Em apenas um ano, 2,5 milhões de pessoas passaram a usar Internet no Brasil a partir de smartphones, um aumento de 1,8%, totalizando 139,1 milhões, ou 78,3% da população.

Por sua vez, a faixa etária com maior penetração é de 25 a 29 anos (89,8%). Todos os grupos tiveram proporção acima de 80%, com excepção de crianças entre os 10 e os 14 anos (54,1%).

Há mais mulheres a usar smartphones: nomeadamente 78,9%,contra 77,6% entre homens. Não foi divulgado a penetração de acesso à Internet no Brasil por smartphones. Em contrapartida, o total de domicílios com computador caiu 3,4% em 2015 comparado a 2014, totalizando 31,4 milhões, ou sejam, 46,2% do total brasileiro.

E-Book para Bloggers
   

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]