Home / Jornalismo Digital /

5 lendas urbanas que atormentam a Internet

lendas urbanas

5 lendas urbanas que atormentam a Internet

Mídia Kit Blog Estratégia Digital

Hoje exploramos um ramo do meio digital por onde nunca nos aventuramos: o terror e o mistério. Se costuma navegar nas redes sociais ou ler tópicos no Reddit é muito provável que saiba do que estamos a falar. Sim, estamos a falar de lendas urbanas.

Muitas das lendas de que falamos começaram a partir da imaginação fértil de algumas pessoas. Outras baseiam-se em factos e testemunhos. No entanto, é incrível perceber como a Internet pegou nestas histórias e as tornou mais reais e próximas de nós, fundamentando-as frequentemente com fotografias e imagens horripilantes.

Neste post apontamos 5 lendas urbanas que atormentam a Internet e que continuam a dar que falar. Convidamo-lo ainda a partilhar connosco através da caixa de comentários histórias de terror que tenha ouvido ou lido na Internet.

5 lendas urbanas que dão que falar na Internet

Slender Man

slender-man

Esta é uma fotografia bem conhecida da Internet. Um homem sem rosto que, de acordo com a lenda, tem a capacidade para alongar os seus membros. O seu nome? Slender Man.  Acredita-se que esta personagem tenha surgido pela primeira vez no fórum Creepy Pasta, um site onde os utilizadores são convidados a partilhar lendas urbanas. A criatura tornou-se mais mediática quando duas raparigas esfaquearam uma amiga para homenagear o Slender Man. Atualmente, o estúdio Screen Gems, da Sony, está em negociações para dar vida cinematográfica ao monstro.

Lavender Town Syndrome


Esta é uma lenda urbanda dramática. Conhecida como a Lavender Town Syndrome – ou simplesmente Síndrome do Pokémon – é dada como a causa por detrás do crescimento da taxa de suicídio infantil no Japão. Porquê? Basicamente, as crianças que jogavam Pokémon Red e Verde, em Fevereiro de 1996, ficavam com perturbações mentais depois de ouvirem a música de alta frequência que toca quando o jogador chega ao nível em Lavender Town.

Templates

The Rake


Muito semelhante ao Slender Man, o The Rake é também uma criatura com características humanóides que terá sido visto num bosque nas proximidades de Nova Iorque entre 2003 e 2011. Um vídeo da criatura, que poderá ser visto acima, terá sido mesmo captado por uma das testemunhas. A imagem, no entanto, causa claro desconforto e medo e, segundo reza a lenda, o mero encontro com o The Rake perturbou de tal forma certas pessoas que quem viu o monstro acabou por cometer suicídio.

Squidward’s Suicide

Esta é provavelmente a lenda que mais me perturbou.  Lembram-se do desenho animado SpongeBob SquarePants? Claro que se lembram! Ainda hoje continua a passar no canal Nickelodeon, mostrando-nos a aventura da esponja amarela e dos seus amigos debaixo do mar. Na série, há uma personagem – o Squidward Tentactles – que é o antagonista de SpongeBob e lhe está sempre a arranjar problemas ou a tecer críticas. Segundo consta, um estagiário que passou pela Nickelodeon descobriu um episódio que nunca foi transmitido que nos mostra esta mesma personagem sentado na cama, a chorar lágrimas de sangue, antes de cometer suicídio. O episódio encontra-se agora no YouTube.

_9MOTHER9HORSE9EYES9

mother

E encerramos este post com uma lenda urbana recente, datada a este mesmo ano. Desde abril de 2016 que um utilizador do Reddit tem assustado outros utilizadores da rede. Assumindo-se com o nome de _9MOTHER9HORSE9EYES9, esta pessoa responde a publicações aleatórias com excertos literários que parecem ser a descrição de um “mundo alternativo macabro”, segundo explica site The Verge. As narrativas, que evocam um estilo de ficção científica horripilante, têm atraído cada vez mais fãs. Apesar dos esforços, ninguém sabe a verdadeira identidade do autor, mas o site Motherboard suspeita que seja um membro de um grupo famoso dedicado ao estudo de paranóias e teorias da conspiração.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
 

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]