Home / Casos de sucesso de Estratégia Digital /

Microsoft testa HoloLens com o seu Mannequin Challenge

mannequin challenge

Microsoft testa HoloLens com o seu Mannequin Challenge

O Mannequin Challenge tem sido um dos tópicos quentes nas redes sociais nas últimas semanas. Muitas celebridades – como por exemplo algumas personalidades na Casa Branca norte-americana –, empresas e organizações – em Portugal a Polícia de Segurança Pública aderiu à iniciativa – começam a recriar este desafio e a incentivar muitos outros a fazê-lo, à semelhança do que aconteceu já com o Ice Bucket Challenge e o Harlem Shake.

Para os que ainda não conhecem este estranho desafio, o Mannequin Challenge consiste na criação de um vídeo onde todos os elementos devem parecer estáticos, como se fossem manequins. Todos os dias aparecem novos vídeos que conseguem surpreender o público quer pelo número de participantes, quer pelo grau de dificuldade protagonizado por alguns dos ‘manequins’.

E é com certeza surpreendente o vídeo que a Microsoft fez para se juntar a este desafio. Diferente de tudo aquilo que já foi visto, a companhia desenvolveu um vídeo onde combinam manequins reais com manequins digitais. Mais do que aderir a esta corrente viral, a companhia decidiu aproveitar esta tendência para promover a tecnologia de realidade misturada usada nos HoloLens.

O resultado do vídeo da Microsoft pode ser visualizado abaixo:

O resultado foi possível graças à aplicação Actiongram, um software que permite criar hologramas controlados pelo utilizador: através desta app é possível escolher a posição onde vão estar fixados estes elementos em três dimensões, que tamanho vão ter, o seu posicionamento, entre outros elementos.

O Actiongram é um dos produtos mais recentes da Microsoft e promete revolucionar bastante a forma como comunicamos e contamos as histórias, uma vez que permite adicionar à nossa realidade objetos holográficos e movê-los, mudá-los de tamanho, rodá-los e até mesmo gravá-los.

O que torna o vídeo mais interessante é que a fixação de elementos digitais no mundo real é de facto uma das grandes vantagens do HoloLens, como já tivemos a oportunidade de atestar.

Na prática os óculos fazem um mapeamento do mundo físico que existe à nossa volta para perceberem exatamente onde está determinado elemento digital – como um planeta. Isto permite que o utilizador ande à sua volta, aproxime-se ou afaste-se sem que isso tenha qualquer impacto no posicionamento do conteúdo.

Share this article

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *