Home / 3º P - Produção /

10 erros a evitar no marketing de conteúdo em 2017

10 erros a evitar no marketing de conteúdo em 2017

 

O Marketing de conteúdo tem sofrido bastantes mudanças ao longo dos últimos anos, muitas das quais graças à constante evolução das tecnologias e a ascensão das redes sociais. Desta forma é necessário corrigir e evitar alguns erros.

Vejamos quais!

10 erros a evitar no marketing de conteúdo em 2017

1 – Não ter um blog consistente

Tem ideia de quantos blogs são iniciados, criados ou colocados em listas de objetivos pessoais, mas nunca são mantidos corretamente? IMENSOS!

Em 2017 não queira fazer parte deste número. Ter o site em bom funcionamento para mostrar os seus serviços e promover a sua marca é muito importante. Mas, nos dias de hoje, não ter um blog significa que está a perder leads, oportunidades de tráfego e a perder interesse por parte dos leitores. Usar o blog como uma tática de marketing traz-nos importantes benefícios, incluindo:

– Maior Tráfego;

– Conexões/ Partilhas com as redes sociais;

– Maior exposição nos resultados de pesquisa.

Se neste momento não possui um blog está a perder imenso tráfego que poderia ser transformado em leads, principalmente quando adiciona um cal-to-action no final dos artigos. Por outro lado, se já escreve num blog mas não é consistente, é hora de começar a dedicar algum tempo a isso! Apenas 60% dos profissionais de marketing dão destaque ao ter um blog, mas quase um terço dos consumidores dizem querer ver mais conteúdo de blogs no futuro (fonte: HubSpot). Os leitores querem mais conteúdo através de blogs, por isso crie um calendário de publicação no blog que seja consistente e ganhe mais tráfego em 2017!

2- Ignorar oportunidades de e-mail marketing

Uma boa campanha de e-mail marketing pode ajudá-lo a construir uma boa base de clientes, o que significa que pode manter a sua marca e serviços sempre presente na mente de quem o segue. O e-mail marketing é uma estratégia acessível a todas as carteiras e negócios, e segundo um estudo feito pelo HF gera cerca de US $41 em vendas por cada US 1$ gasto (fonte: Huffington Post). Bem, isto supera redes sociais, publicidade paga, SEO e mobile marketing. É fantástico!

Já tentou e-mail marketing, mas o click-throughs não foi o que esperava? Tome algumas medidas para melhorar as taxas de abertura:

– Torne os e-mails compatíveis com dispositivos móveis;

– Adicione vários Call to Action;

– Use links de redes social personalizados.

Lembre-se sempre de criar uma boa linha de assunto, com linguagem que estimula a ação e inclua sempre que possível uma personalização! Uma linha de assunto envolvente é a porta de entrada para o seu e-mail.

3- Usar incorretamente as redes sociais

As redes sociais fornecem as mais variadas formas de atingir um público amplo, mas muitas vezes usamo-las de forma incorreta as ferramentas disponíveis. Ao não compreender o público, não prestar atenção à concorrência, e ao não nos envolvermos com os seguidores, estamos a deixar passar algo muito poderoso! Agendar posts nas redes sociais irá ajudá-lo imenso, e assim poderá também analisar como o público interage entre ele.

Se ainda não tem presença nas redes sociais, precisa de ter! Se já tem mas ainda não faz posts consistentemente, é hora de começar a fazê-lo!

4- Falhas Gramaticais

Parece muito simples, não é? Mas, para aqueles com olho para a gramática, usar frases onde o sujeito e o verbo não coincidem é algo que qualquer leitor mais atento vai reparar, e não vai gostar! Se se sente inseguro a escrever, o melhor mesmo é arranhar alguém para verificar a ortografia do seu conteúdo.

É sempre bom ter “outros olhos” no seu conteúdo para o ajudar a melhorar os seus textos. Invista num copywriter antes de publicar!

5- Não dar importância ao SEO

A combinação de práticas em constante evolução, algoritmos em mudança e as novas tecnologias apresentam grandes desafios no mundo da otimização dos motores de busca, mas isso não é desculpa para não dar importância! Ignorar o desenvolvimento de conteúdo relevante, inserir palavras-chave irrelevantes para o site, sobrecarregar o site e deixar que o conteúdo se torne aborrecido, é estar a perder rankings que à partida seriam fáceis de alcançar.

Embora, por vezes, possa demorar meses até vermos alterações nos motores de busca, a melhor opção é manter-nos atualizados e fornecermos o melhor conteúdo da maneira mais eficiente possível!

 

6- Escolher Quantidade em vez de Qualidade

Produzir uma grande quantidade de conteúdo que pouco tem haver com o nosso nicho de mercado, reescrever o que alguém disse, ou apoiar-se em referências mal informadas irá resultar em matéria de má qualidade! Quando tiramos algum tempo para entender o nosso público-alvo, conseguimos criar conteúdo de qualidade que não encha apenas a página, mas que deixe uma marca no leitor.

Tenha como objetivo influenciar o comportamento dos leitores e o foco mudará de mero conteúdo para conteúdo partilhado, gostado e retweetado.

7- Negligenciar o desenvolvimento de conteúdo relevante

Melhor o conteúdo, melhor os resultados. Porquê? Para os iniciantes, um leitor vê um post interessante que apela ao seu interesse e decide clicar nele, se ele gostar irá partilhar com os seus amigos. Por sua vez, os seus amigos gostam e partilham também, o que irá criar uma onde de gostos e partilhas do seu post. Mas para iniciar este circulo é importante criar um índice relevante e do interesse dos leitores.

Conheça o seu público-alvo e coloque conteúdos atrativos!

8- Usar apenas uma tática

Em média, no marketing de conteúdo deverá usar cerca de 13 táticas de criação e distribuição. Incluindo redes sociais, blogs, infográficos e vídeos. Utilizar apenas uma tática limita o seu alcance e os seus poderes criativos. A forma como apresenta um webinar pode diferir da forma como apresenta o conteúdo nas redes sociais ou blogs, o que significa que tem todos os canais em aberto.

Se newsletters ou apresentações on-line funcionam para a sua marca, não tenha medo de tentar e ver como funciona. O pior que pode acontecer é não funcionar e ter de passar para o próximo desafio!

9- Nenhum objetivo definido

Procura criar conteúdo ou apenas fazer barulho? Cada um de nós deve trabalhar de forma a desenvolver a consistência da marca criada, direcionar o tráfego para o site e criar conteúdo personalizado para um público específico. De acordo com o relatório de benchmark da CMI de 2016, apenas 31% dos bloggers têm uma estratégia definida. Definir metas de conteúdo começa com a criação de um nicho de público-alvo, o desenvolvimento de uma lista de palavras-chave com base nos termos de pesquisa, a compreensão do conteúdo necessário e desenvolver uma escrita num estilo que agrade aos leitores. Depois, precisa de um plano para descobrir com que frequência deve publicar e através de quais canais tem mais visualizações.

Criar posts num blog é diferente de colocar tweets, mas a quantidade de vezes que deve postar depende da sua audiência e das suas necessidades. Afinal, a estratégia de conteúdo é a base sobre a qual tudo é contruído.

10- Não otimizar para Mobile

Faz ideia de quantas vezes utilizamos o telemóvel todos os dias?

– 40% das pessoas utiliza o telemóvel 5 minutos depois de acordar;

– Ao longo do dia, verificamos o telemóvel entre 47 a 82 vezes;

– 30% das pessoas verifica o telemóvel 5 minutos antes de ir para a cama;

– Metade das pessoas verificam o telemóvel a meio da noite.

Com base nestes números, optar por não otimizar sites e conteúdo on-line para Mobile é sem dúvida um dos maiores erros!

Os dispositivos moveis mudaram drasticamente a forma de nos conectarmos, conversarmos e interagirmos com as nossas marcas favoritas. Graças a isso, os usuários de dispositivos moveis querem posts curtos e concisos!

Evite os erros de conteúdo do passado!

Ás vezes ajuda a saber o que NÃO fazer.

Se a sua visão para este novo ano inclui melhorar o conteúdo, alcançar o seu publico com informações relevantes e autoritárias, atingindo-os através de novos canais, então está no caminho certo!

Nenhum de nós está livre de cometer erros, mas quando temos as ferramentas certas, podemos desenvolver-nos, dando ao nosso publico aquilo que ele precisa encontrar e com as soluções necessárias!

OCTOSUITE

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]