Home / Aplicativos /

Como as novidades do Instagram provam que a rede se está a adaptar

novidades do instagram

Como as novidades do Instagram provam que a rede se está a adaptar

 

O Instagram tem feito o seu melhor para se enraizar nas nossas vidas, tornando-se assim no melhor aplicativo e rede social de fotografias. Nos últimos meses, a app tem dado uma série de passos nesse sentido, aplicando estratégias que incorporam novas funcionalidades e permitem ao utilizador uma maior liberdade para consumir e partilhar conteúdos. Uma das estratégias mais recentes, como sabemos, foi a integração do Insta Stories – um mecanismo que já era conhecido do Snapchat – e que nos últimos meses contribuiu apenas para o aumento da sua popularidade em detrimento da rede social do fantasma.

Apesar desta pequena estratégia tão simples – que entretanto já foi copiada também pelo Facebook, embora a plataforma de Zuckerberg esteja longe de obter os mesmos resultados – o Instagram fez uma jogada para dominar o mercado e essa foi apenas a primeira de muitas. Nos próximos meses espera-se que o Instagram faça muitos outros anúncios e democratize o uso da rede social a todos.

Todavia, não é sobre esta nova funcionalidade do Instagram que falamos hoje, mas sim de uma mais recente, introduzida em maio, e que vem solucionar uma falha da rede social que obrigava muitos utilizadores a recorrer a apps, incluindo a aplicação oficial do Instagram, para ultrapassar esta barreira. Para nós, que vivemos no mundo ocidental, parece-nos irrisório que haja pessoas a usar o Instagram sem instalar a app oficial, mas à medida que continuarem a ler este artigo vão perceber o motivo pelo qual tal problema se sucede.

Como as novidades do Instagram melhoram o alcance da rede social?

Em busca do crescimento internacional, onde as redes são lentas e os dados são caros, o Instagram fez uma grande actualização ao seu site mobile, que permite agora adicionar fotografias além de proceder à habitual navegação no feed. Até agora, os utilizadores que usassem o mobile site do Instagram só podiam navegar, seguir utilizadores, pesquisar conteúdos e ver as notificações: mas hoje esta é uma realidade diferente.

Estamos em março de 2017 quando o Instagram começa a permitir a partilha de conteúdos através de smartphones recorrendo ao mobile site. A funcionalidade Explore – que permite acompanhar publicações de outros utilizadores e explorar hashtags – também foi permitida. Mesmo assim, de fora continuam a ficar alguns recursos como os uploads de vídeos, filtros, Stories e Direct Messaging. Essa é uma atualização que pode estar para vir nas próximas novidades do Instagram.

É então natural que faça a pergunta: se existe app do Instagram, porque não utilizá-la e evitar usar o mobile site? Em declarações ao site de tecnologia TechCrunch, um porta-voz da rede social disse que “o Instagram.com (acedido a partir de telemóveis) é uma experiência web otimizada para telefones portáteis. Foi projetado para ajudar as pessoas a terem uma experiência mais completa no Instagram, independentemente do dispositivo ou da rede em que estiverem.”O facto da tecnologia não se ter democratizado ainda é um dos principais propulsionadores desta novidade. Não é apenas nos países em vias de desenvolvimento que se torna difícil aceder ao Instagram por falta de equipamentos que o permitam. Basta olharmos para a sociedade à nossa volta para percebermos que muitas pessoas não têm os smartphones topo de gama com espaço de armazenamento o suficiente para descarregar a app do Instagram. Uma forma menos “pesada” para fazerem uso desta rede passa mesmo por navegarem no mobile site.

O lançamento do mobile site está vinculado à estratégia de crescimento global do Instagram, que se foca nos 80% dos seus utilizadores fora dos EUA. Outras atualizações de produtos neste ramo incluem a inscrição na web, um melhor fluxo de on-boarding para utilizadores finais do Android e a recente adição da funcionalidade offline. Todos estes recursos ajudaram a melhorar a velocidade do Instagram, mantendo no entanto a marca de 700 milhões de utilizadores mensais. Os últimos 100 milhões de utilizadores foram acrescentados apenas nos últimos 4 meses, contrariando a média de 100 milhões de utilizadores a cada 9 meses.

 

Muitos utilizadores em países em vias de desenvolvimento podem não ter uma rede móvel suficientemente rápida para descarregar convenientemente o aplicativo do Instagram. Os seus telefones nem sempre têm armazenamento suficiente para fazer o download sem sacrificar outros aplicativos ou conteúdo. Além do mais, o custo dos dados móveis para descarregar todo o conteúdo do aplicativo pode ser proibitivo.

Com a versão do site Web para dispositivos móveis, os utilizadores podem agora ignorar o tempo de espera, os custos de dados e as necessidades de armazenamento do aplicativo, enquanto ainda obtêm a sua funcionalidade mais básica. O lançamento levanta a questão de saber ainda se o Instagram lançará uma versão Instagram Lite do seu aplicativo nativo, à semelhança do Facebook Lite que minimiza a transferência de dados.

Por enquanto, porém, o mobile site poderá ajudar o Instagram a ficar um passo à frente de seu principal concorrente, o Snapchat. Como o Snapchat é tão pesado em termos de vídeo e a Snap Inc não priorizou ainda a criação de mercados internacionais de baixa monetização, o seu aplicativo não funciona em países em vias de desenvolvimento. Entretanto, o Snapchat deixou a porta aberta para que o Instagram continue no seu caminho de se tornar uma das apps mais populares para a partilha de fotografias.

Eventualmente, como as redes móveis e telefones baratos Android estão a melhorar e a tornar-se mais acessíveis, o Instagram pode ser capaz de espremer mais receitas fora dos mercados em desenvolvimento. E até então, o crescimento global impulsiona o efeito de rede que mantém as pessoas ligadas ao Instagram. À medida que as redes sociais atingirem a saturação nos principais mercados ocidentais, é importante que repensem como fazer os seus aplicativos.

Se você também deseja ter sucesso no Instagram conheça agora a nova versão do Instamate na review: Como ter um Instagram de sucesso usando o Instamate 2.0

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
Mídia Kit Blog Estratégia Digital

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]