Home / Jornalismo Digital /

Plurals: a geração que se segue aos Millennials

Plurals

Plurals: a geração que se segue aos Millennials

 

E quando pensávamos que finalmente entendíamos os Millennials, eis que a sociedade dá de novo uma reviravolta e nos apresenta uma nova geração: os Plurals. No blog Estratégia Digital falamos já várias vezes sobre grupos demográficos e sociológicos, coesos em características que os unem e que derivam das circunstâncias em que nasceram e cresceram. Hoje, é sobre uma nova geração que vimos falar.

Nascidos em meados dos anos 90, os Plurals são a geração que se segue aos Millennials. De acordo com o site AdAge, a designação encontrada para nomear esta nova vaga de consumidores está relacionada com o facto de viverem numa sociedade pluralista.

Um estudo realizado pela Turner Ignite em colaboração com a RedPeak apresenta uma radiografia dos Plurals e uma análise profunda aos seus comportamentos, atitudes e valores. Com idades entre os 13 e os 21 anos, compõem um quinto da população dos Estados Unidos da América.

O que torna os Plurals únicos?

O estudo aponta que a idade média em que os Plurals recebem o seu primeiro smartphone é 13 anos e apenas 13% nunca utilizou o Facebook. Já no caso da geração Millennials, os números são diferentes, visto que a média é 19 anos e somente 3% nunca utilizou a rede social de Mark Zuckerberg.

Por outro lado, cerca de 60% dos Plurals e 80% dos Millennials visitam o Facebook diariamente. No caso do YouTube e Snapchat, a percentagem é mais elevada relativamente aos Plurals do que aos Millennials.

 

Cerca de metade dos Plurals (47%) concorda que vale a pena abdicar de alguma privacidade para obter uma experiência mais rápida e personalizada versus 39% dos Millennials. Abandonando o seu comportamento no mundo digital e passando para aquilo em que acreditam, 80% dos Plural consideram ter poder e querem ser ouvidos face a 72% dos Millennials. A quase totalidade dos Plurals também acredita que é importante dar voz às suas opiniões, algo que 86% dos Millennials sente.

Direitos dos animais, ambiente, direitos civis, direitos da comunidade LGBTQ e direito à vida são as causas pelas quais os Plurals são mais apaixonados. Por seu turno, os Millennials interessam-se pelo ambiente, direitos animais, autismo, direitos civis e justiça social.

Bill Nye the Science Guy, Rihanna, Jennifer Lawrence e Elon Musk são as celebridades que os Plurals mais admiram. Beyoncé, Dwayne Johnson, Kylie Jenner, Donald Trump, Selena Gomez e Pew Die Pie são as que consideram mais populares.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
Mídia Kit Blog Estratégia Digital

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]