Home / Redes Sociais /

Sabe quanto tempo passamos em média no Facebook?

quanto tempo

Sabe quanto tempo passamos em média no Facebook?

 

Todos os dias respiramos o meio digital, quase sem nos aperceberemos de que o estamos a fazer. Instintivamente, pegamos no telemóvel ao acordar e damos uma vista de olhos pelo feed do Facebook ainda antes de sairmos da cama. Numa paragem nos semáforos, a caminho do trabalho, sacamos o telemóvel do bolso e respondemos a mensagens no chat enquanto o carro de trás não nos buzina para indicar que está verde. E até na fila de pagamento do supermercado temos o instinto de agarrar aqueles minutinhos para bisbilhotar o que os nossos amigos estão a publicar.

Mas os minutos somam-se em horas e as horas somam-se em dias… ao ponto de nem percebermos ao certo o tempo que gastamos na Internet, a utilizar dispositivos móveis e a fazer scroll no feed do Facebook. Já experimentou calcular quanto tempo passa no Facebook? Verá rapidamente que é uma equação à qual não conseguirá chegar a uma resposta concreta.

Recentemente, o Facebook divulgou um relatório sobre a utilização do Facebook e, como esperávamos, os resultados aí apresentados encontram-se repletos de algumas informações muito interessantes. Os números da rede social, no que diz respeito a utilizadores e lucros, continuam a ser absurdos e não mostram sinais de parar: o lucro está estimado em 5,3 mil milhões de reais, que se traduz no recorde de 1,65 mil milhões de utilizadores, entre outros valores impressionantes.

Após consultarmos o relatório e mergulharmos entre tantos números, encontramos alguns números interessantes que nos levaram a escrever este artigo: quanto tempo passa um utilizador, em média, no Facebook? Este é um dado extremamente importante para a empresa de Mark Zuckerberg, principalmente para apresentar a accionistas e novos investidores. E o resultado diz muito acerca de nós mesmos: 50 minutos. Sim, leu bem: a média de tempo gasto por utilizador na rede social é de 50 minutos.

Então é só isto que gastamos no Facebook?

Calma! Relembramos que esta é apenas uma média do número de horas. Inicialmente, este pode-nos parecer um número comum e até bastante baixo, mas, considerando que um dia tem 24 horas, que passamos entre sete e oito horas diárias a dormir e que trabalhamos/estudamos entre seis e oito horas por dia, 50 minutos afirma-se, afinal, como muito tempo.

 

Eliminando catorze horas do dia – sete de sono e sete de estudo/trabalho -, restam apenas dez horas para fazermos o que quisermos. Na prática, sabemos que a organização de um dia nunca é tão linear quanto isto, já que a isto se somam aquelas tarefas que parecem não ocupar tempo nenhum mas que ocupam: tomar banho, almoçar, jantar, transportes para a escola/faculdade/trabalho, etc.. Mas, considerando esta estimativa,  gastamos quase um décimo do nosso tempo livre no Facebook.

Um décimo do nosso tempo livre pode ainda parecer pouco, mas graças a dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) percebemos o tempo que gastamos em média com outras atividades de entretenimento e, quando comparadas ao Facebook, o retrato com que ficamos da nossa população não é muito bonito.

Em média, passamos dezanove minutos do dia a ler (livros, notícias, etc.); dezassete minutos diários são dedicados a práticas desportivas ou alguma outra atividade física; quatro minutos por dia são gastos a conversar ou participar em atividades sociais; cerca de 1.07 horas do dia estão reservadas a comer e beber; e, por fim, 2.8 horas do dia destinam-se a ver filmes ou televisão.

Ainda que estejamos a trabalhar com médias, o retrato pintado aqui acerca dos nossos hábitos digitais não é muito positivo, pois não? Por isso mesmo, porque não substituir as redes sociais e a Internet por outra atividade de que gosta? Terminamos este post por lhe lançar um desafio: desligue o telemóvel ou computador e saia para uma corrida. Vá tomar um café com amigos. Pegue num livro ou veja um bom filme. Aproveite para viajar ou para ouvir música. Desligue-se.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
Mídia Kit Blog Estratégia Digital

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]