Home / Redes Sociais /

Saiba como ser bem sucedido no LinkedIn

Saiba como ser bem sucedido no LinkedIn

AdobeStock

O LinkedIn nasceu em 2003 e é, atualmente, a principal rede digital de cariz profissional do Mundo. Com cerca de 268 milhões de utilizadores em todo o planeta, esta plataforma é uma forte aliada de quem está à procura de novas oportunidades de trabalho. A ideia passa por criar um espaço virtual onde empresas e trabalhadores se encontram, trocam ideias e dão o primeiro passo para estabelecer contratos.

Diferente no início, o LinkedIn foi obrigado a evoluir de forma a deixar de ser um simples repositório de currículos. A recente mudança estratégia por parte da empesa foi para além do visual do site e tomou medidas mais drásticas.

Hoje, o LinkedIn possui uma dinâmica própria e a sua utilização é mais complexa do que aquilo que aparenta. A ferramenta é, sem dúvida útil, para os que procuram emprego, no entanto, é necessário ter conhecimento de algumas regras que determinam o sucesso – ou o falhanço – na concretização do objetivo principal: conseguir emprego.

Uma coisa é certa: não basta ter um perfil para que as oportunidades surjam. Por isso, o site adaptou-se e assenta, agora, num sistema que incentiva os utilizadores a fazerem atualizações constantes e a estabelecerem novos contactos.

Neste artigo, damos-lhes 10 sugestões do que deve e do que não deve fazer para ter sucesso no LinkedIn e para que, consequentemente, seja bem-sucedido na procura de uma nova oportunidade profissional. Aceite a ajuda, adira à rede e consiga emprego rapidamente.

O que DEVE fazer

1. A imagem é importante. Por esse motivo, deve manter a sua foto de perfil atualizada e com um aspeto profissional.

2. Coloque um título profissional apelativo e adequado ao seu título profissional ou profissão que desempenha.

3. Seja sucinto, mas não deixe escapar informação relevante. Faça um resumo breve, apresente as suas competências e exponha os seus objetivos.

4. Peça recomendações a pessoas que conhece ou a colegas de trabalho. Sempre que alguém o recomende, seja cordial e agradeça com uma mensagem personalizada. Retribua o favor e recomende quem o recomendou.

  5. O LinkedIn é uma rede profissional e não de amigos. Utilize-o para chegar até pessoas que não conhece mas que trabalham na sua área profissional. Defina um critério para adicionar pessoas à sua lista de contactos.   6. Faça atualizações regulares e partilhe oportunidades de emprego ou informação interessante relativa à sua área de emprego. Evite tornar o LinkedIn num espaço de partilha de interesses irrelevantes para a sua profissão.   7. Faça atualizações constantes dos seus dados. Atualize com a sua nova profissão ou dê provas das suas capacidades através da partilha de projetos em que esteve envolvido.   8. Agradeça sempre os convites que recebe e envie uma mensagem onde se apresenta. Adeque a formalidade de acordo com a pessoa que o contacta e personalize o conteúdo. A mensagem deve ser curta mas rica em conteúdo.   9. É importante manter o contacto com as pessoas que fazem parte da sua rede. Contacte-os regularmente e mantenha uma relação amigável e cordial.   10. Apresente os membros da sua rede de contactos. Desta forma, eles farão o mesmo consigo.

O que NÃO DEVE fazer

1. Seja claro e não dê espaço a interpretações erradas. Não tente incluir informações falsas no seu perfil. Não inflacione as suas competências nem faça menção a empresas onde não trabalhou.

2. Não envie mensagens pré-definidas. Tenha a preocupação de adequar cada mensagem ao seu destinatário. Caso contrário, dará imagem de desleixo e desinteresse. Mencione sempre o motivo do contacto.

3. Não mantenha um perfil desatualizado após uma mudança profissional. Procure alterar a sua página sempre que há uma alteração no seu estado profissional.

4. Não tenha um perfil incompleto. Seja sucinto, mas aposto nos pormenores. Pequenos aspetos podem fazer a diferença e gerar interações importantes.

5. Não use referências fantasma. Dizer que conhece alguém que, na verdade, não conhece pode fazer com que fique com muito má imagem. Não faça convites sem motivo e tenha cuidado com as pessoas que adiciona à sua rede.

6. Não seja chato nem incomode os seus contactos com assuntos irrelevantes. Frases como “preciso de emprego” e sem qualquer conteúdo não o ajudarão.

7. O LinkedIn é uma rede profissional. Por isso, não divulgue eventos, serviços ou produtos aleatórios nos grupos. Faça-o apenas se, de facto, houver algum interesse.

8. Não adotar uma postura passiva. Escolha os grupos dos quais quer fazer parte e partilhe ideias.

Templates

9. Não utilize a rede para veicular mensagens agressivas ou para denegrir a imagem de pessoas ou empresas.

10. Não peça nos grupos para o contactarem.

Numa entrevista à revista Fortune Jeff Weiner, CEO da empresa, disse que espera, num futuro próximo, que o LinkedIn se transforme numa espécie de mapa mundial onde se agrupam todas as oportunidades de negócio e de trabalho.

Afirmamos, por isso, que ter um perfil no LinkedIn é um quase um requisito obrigatório – tanto para trabalhadores como para as empresas. Se já tem conta ou se vai criar uma, tenha em consideração estas dicas. Otimize a sua página e consiga o emprego que tanto deseja.

Conhece o curso CopySamurai de Conrado Adolpho? Nesta breve aula sobre copywritingConrado Adolpho dá uma pequena amostra do conteúdo do curso CopySamurai.

copy-samurai-estrategia-digital

LEIA AGORA OUTROS ARTIGOS INTERESSANTES SOBRE CURSOS DO CONRADO ADOLPHO:

 

Queres ver os meus resultados como iJumper?

 

Como ser um iJumper: a busca pela felicidade

 

Já sabe o que é um iJUMPER?

 

 

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
 

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]