Home / 2º P - Planeamento /

SEO: o que é fazer Black Hat SEO?

black hat seo

SEO: o que é fazer Black Hat SEO?

 

Não é necessário relembrar porque motivos devemos implementar estratégias de Search Engine Optimization (SEO). Através da aplicação de técnicas concretas, como a identificação das palavras-chave mais pesquisadas ou link building, é possível melhorar o tráfego do website.

No entanto, a aplicação destas técnicas deve ser aplicada corretamente. Se está desesperado em conseguir mais visitas, não cometa o grave erro, por exemplo, de usar palavras-chaves com muitas pesquisas mas que não são relevantes para o seu negócio.

Ao falarmos de mau SEO e de bom SEO, falamos de dois tipos diferentes de estratégias, também conhecidos por Black Hat SEO (o mau) e White Hat SEO (o bom). Neste post, tentamos entender como não compensa investir em técnicas negativas.

Black Hat SEO vs. White Hat SEO

Antes de começarmos, ainda se lembra de como funciona o algoritmo do Google? Este algoritmo é a base do sistema de indexação das páginas sempre que um navegador digita um termo no motor de pesquisa. De forma simples, o algoritmo classifica o conteúdo do website conforme o nível de relevância que terá para o utilizador.

Por norma, devemos aplicar métodos que sigam as orientações estipuladas pelo Google e motores de pesquisa associados. Tais práticas vão-se traduzir num correto funcionamento do Page Rank que, assim sendo, irá aplicar uma classificação que corresponde à realidade.

black-hat-seo-vs-white-hat-seo

Quem beneficia também são os navegadores e, claro, a empresa. Ao aparecer nos resultados do Google, os navegadores clicam no link e encontram respostas às suas dores. Se ficarem agradados com o serviço que podem receber ali, a visita será convertida em ação.

A isto chamamos de White Hat SEO, a aplicação correta das técnicas de Search Engine Optimization.

Porém, o que acontece quando manipulamos o algoritmo, fazendo-o acreditar que uma página é relevante quando na verdade não é?

Imaginemos, por exemplo, que uma marca de automóveis coloca no seu site palavras-chave com muitos volumes de pesquisa mas que dizem respeito a uma marca concorrente. O utilizador entra no website à procura do carro Y mas tudo o que encontra afinal é informação sobre o carro X.

O Google funcionou mal? Não, o Google foi enganado.

Isto é Black Hat Seo: a utilização de técnicas de SEO de maneira irregular e desleal, com o objetivo de manipular o algoritmo.

Que tipos de práticas são comuns em Black Hat SEO? A resposta é simples:

  • A colocação, na página do website, de palavras-chave que estejam ocultas;
  • A criação de páginas com o mero objetivo de gerarem links de referência para o site principal;
  • A repetição abusiva, desnecessária e sem coerência de palavras-chave de sucesso;
  • Registar o mesmo site em diversos domínios diferentes para adquirir um melhor posicionamento;
  • Usar metatags que não correspondem ao conteúdo do post/página;

Agora que sabe quais são as práticas mais comuns de Black Hat SEO surge uma pergunta pertinente: está a usar alguma destas técnicas? Se sim, corrija o erro imediatamente antes de ser identificado negativamente pelo Google.

 

O Google consegue identificar a maior parte das manipulações e penaliza de imediato o site de diversas formas. O pior castigo será mesmo a desindexação do site, algo que poderá ser irreversível.

Entre as outras punições aplicadas, está a redução do pagerank e a não indexação de novas páginas do website.

MarketSamuraiBanner2

Fui apanhado. E agora?

Se as suas práticas de Black Hat SEO forem detetadas pelo Google, reveja de imediato as páginas e elimine todos os erros que forem apontados pelo Webmasters. Após esta revisão do conteúdo, faça um novo sitemap e peça ao Google para reavaliar o site.

Se o Google concordar, o site voltará a ser indexado e os castigos serão suavizados ou até mesmo desculpados.

O que é que concluímos?

Sim, com Black Hat SEO conseguimos gerar tráfego rápido e melhorar substancialmente os resultados da nossa página durante algum tempo. No entanto, do tráfego que entrar no site, apenas uma pequena fatia corresponderá a público qualificado. Será que compensa agir incorretamente? Por outro lado, as consequências de ser “apanhado” pelo Google podem ser fatais para o website e aí sim, o tráfego desaparece de vez!

LEIA AGORA DENTRO DO NOSSO BLOG OUTROS ARTIGOS RELACIONADOS COM SEO:

Ainda não tens o Livro 8Ps do Marketing Digital?

O que influencia o Page Rank?

Aprenda como ganhar dinheiro com o Google

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
Mídia Kit Blog Estratégia Digital

Share this article

Comentários

  • 18 December, 2015

    Olá Eduardo,
    Um artigo estruturado mas demasiado resumido. Para quem não sabe nada sobre o assunto pode pensar que o Black hat é só o que referes com esses poucos exemplos.
    Além disso, acho que podias exemplificar.
    De qualquer das formas excelente artigo. Não sabia que em Portugal se escrevia de SEO 🙂
    Cumps

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]