Home / Produção de Conteúdos Multimédia /

YouTube: 10 vídeos que marcaram 10 anos de história

youtube

YouTube: 10 vídeos que marcaram 10 anos de história

 

O YouTube não é apenas a maior plataforma de vídeos da Internet: é também o terceiro website da rede a registar mais visitas em todo o mundo, surgindo logo atrás do Facebook e do Google. Com uma data de nascimento peculiar, 14 de fevereiro de 2005, o YouTube celebrou em 2015 o seu 10.º aniversário e é em homenagem a esta poderosa ferramenta de marketing digital que escrevemos este post.

Tudo começou em 2005. Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim – que então trabalhavam na PayPal – decidiram que estava na hora de criar um website para partilha de vídeos. Assim que começaram a dar forma à ideia e compraram o domínio, estavam longe de imaginar o sucesso que o YouTube viria a alcançar.

YouTube. O próprio nome deu que falar. Como sabemos, “You” é a palavra inglesa para “Tu” e “Tube” para tubo, embora possa significar também câmara/televisão. Assim, a ideia era mesmo essa: Tu na televisão. Qualquer utilizador podia agora ter o seu espaço na Internet e divulgar-se através de vídeo.

Neste post, apontamos 10 vídeos históricos que marcaram sem sombra de dúvidas o percurso do YouTube.

1 – O primeiro vídeo do YouTube

Para quem não sabe, este vídeo de 16 segundos, com baixa qualidade e que mostra Jawed Karim – um dos co-fundadores do YouTube – a falar sobre a sua ida ao jardim zoológico, foi o primeiro vídeo da plataforma. Filmado por Yakov Lapitsky no jardim zoológico de San Diego, Califórnia, o vídeo contava em Fevereiro de 2015 com mais de 18 milhões de visitas.

2 – O vídeo que tornou o YouTube popular

No início, um vídeo de 16 segundos sobre uma ida ao jardim zoológico não teria conseguido alcançar por si só o sucesso que o YouTube regista hoje. Para que tal acontecesse, foi preciso tempo e paciência. Porém, a pouco e pouco, começaram a surgir alguns vídeos que foram atraindo a atenção dos internautas e a dar a conhecer a plataforma.

O primeiro vídeo a registar sucesso foi o Lazy Sunday dos Lonely Island, ainda em 2005. A canção foi composta pelos dois comediantes do programa televisivo Saturday Night Live, Andy Samberg e Chris Parnell, que participaram no vídeo em conjunto com a banda. Composta em apenas uma noite, gravada no dia seguinte e aprovada pelo canal televisivo horas mais tarde, a música do vídeo acabou por ir para o YouTube e por registar um sucesso tremendo. Além de dar a conhecer o YouTube, o vídeo provou também que era possível existir uma relação entre a Internet e a televisão.

3 – O vídeo mais visto do YouTube

Este é um título que cai no vídeo Gangnam Style, do cantor sul-coreano Psy. Lançado em 2012, o vídeo continua hoje a ser o mais visto da plataforma, registando mais de 2 mil milhões de visualizações.

4 – A YouTuber que não existia

Este é apenas um entre muitos outros vídeos do utilizador “lonelygirl15”, também conhecida como Bree Avery. Quem ainda não sabe a sua história, julga que se trata de mais uma YouTuber entre muitas outras. Entre 2006 e 2008, não aconteceu nada forma do normal: os vídeos de Bree Avery eram regulares e mostravam como era a vida de uma adolescente.

No entanto, a verdade é que Bree Avery nunca existiu: tratava-se apenas de uma personagem falsa, uma atriz de 19 a fingir ser uma adolescente de 15. Na altura, a novidade chocou a comunidade de fãs que já seguia a “lonelygirl15” há dois anos. Chegou-se até a falar de teorias da conspiração. No entanto, embora nunca se tenha percebido quem era esta rapariga falsa, acredita-se que tenha sido uma estratégia de marketing.

5 e 6 – O fenónemo Justin Bieber

Não importa se gosta do cantor Justin Bieber, se o odeia ou se lhe é indiferente. A verdade é que o cantor canadiano merece ser citado neste post, visto que deve todo o seu sucesso ao YouTube e é um exemplo de que a plataforma pode colocar alguém no ecrã de milhares de pessoas. Na altura em que não passava de uma criança com uma incrível voz, Justin Bieber fez upload de vários vídeos seus a cantar.

Os vídeos foram vistos então pelo produtor musical Scooter Braun, que ajudou Justin Bieber a alcançar o lugar que tem hoje. O sucesso da música Baby, que o cantor gravou com apenas 16 anos, acabou por atingir uma posição de topo dentro do YouTube e ocupa hoje o segundo lugar, sendo ultrapassado apenas pelo Gangnam Style. Uma prova de que é possível começar do zero e atingir literalmente os milhares de milhões (de visualizações e dólares).

7 – O vídeo que fracassou

Em 2012, o documentário KONY 2012 deu muito que falar. O vídeo tinha como foco principal a história de Joseph Kony, um criminoso de guerra escondido na selva e que chefia uma guerrilha que tenta estabelecer um governo teocrático no Uganda.

 

A ideia do vídeo era conquistar o apoio de visualizadores em todo o mundo para que fizessem algo para parar os crimes de Joseph Kony. O vídeo, que registou milhares de visualizações, gerou aquilo a que se chama slacktivism (um termo referente a “ativismo preguiçoso”). Se por um lado aquela quase meia hora era suficiente para deixar as pessoas com vontade de fazer algo, por outro lado o vídeo refletia a inércia dos Estados Unidos em parar este ditador africano. Hoje, passados 3 anos após o lançamento do KONY 2012, Joseph Kony continua em liberdade.

8 – O primeiro videoclip a tornar-se viral

Recentemente, videoclips como “Wrecking Ball” de Miley Cyrus e “Anaconda” de Nicki Minaj tornaram-se virais pelo seu conteúdo visual polémico. No entanto, o primeiro videoclip a tornar-se viral na Internet pertencia à banda Ok Go. Nunca ouviu falar? É provável que não tenha. A banda, na verdade, teve apenas um sucesso musical e tal sucesso deveu-se especialmente ao videoclip que publicaram em fevereiro de 2009.

Neste vídeo, que não conta com uma grande realização cinematográfica, os 4 elementos da banda mostram a sua coordenação e dotes de dança de forma divertida, servindo-se de passadeiras de ginásio para atingir tal propósito. A ideia e coordenação brilhante da banda foram suficiente para que o vídeo se tornasse viral.

9 – O canal mais lucrativo

Como bem sabemos, é possível utilizar o YouTube para fazer dinheiro. No entanto, nenhum canal terá feito tanto dinheiro como o do utilizador PewDiePie. Trata-se de um YouTuber de nacionalidade sueca, conhecido por montagens de vídeos com imagens de jogos e desenhos animados. Pode parecer brincadeira, mas este canal já gerou uma fortuna que está estimada para os milhões de dólares.

10 – Política no Youtube

Em janeiro de 2009, a Casa Branca inaugurou o seu canal de YouTube, decidindo que estava na hora de apostar em comunicação política na Internet. Tratando-se de um meio de comunicação aberto pelo Presidente dos Estados Unidos da América, a estratégia acabou por ser seguida por outros líderes políticos e até mesmo pelo Papa. Além de ser usado como máquina de propaganda política, o canal é usado também para a transmissão de comunicados e discursos em direto.

Está interessado em ler mais conteúdos exclusivos sobre filmes, televisão e entretenimento audiovisual? Convidamo-lo então a visitar o blog Mundo de Cinema.

LEIA AGORA OUTROS ARTIGOS INTERESSANTES RELACIONADOS COM ESTE POST:

4 Cursos sobre YouTube

Consiga milhares de visualizações nos seus vídeos do Youtube

YouTubers: jovens que fazem sucesso com vídeos

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
Mídia Kit Blog Estratégia Digital

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]