Home / Estratégia Digital /

7 dicas eficazes para criar e editar um vídeo online

7 dicas eficazes para criar e editar um vídeo online

Share this article

 

Os vídeos dominam a comunicação nos dias atuais. E tudo indica que irá continuar na vanguarda da revolução tecnológica que a Internet lançou. No entanto, muitos empreendedores ainda temem a criação de vídeos, baseando a sua opinião nos custos de produção associados, que podem não ser enquadrados no orçamento da empresa.

Contudo, a verdade é que actualmente existem ferramentas disponíveis com um preço bastante acessível, como por exemplo o editor de vídeo Clipchamp.

O Clipchamp é uma plataforma que permite criar vídeos em questão de minutos. Com um excelente editor online, qualquer pessoa pode produzir ótimos conteúdos de graça, como vídeos para YouTube, anúncios para o Instagram e apresentações profissionais. Neste momento existem mais de 12 milhões de utilizadores que utilizam esta plataforma (e número está sempre a aumentar).

Quando os empreendedores entendem que o custo já não é um problema, então nascem outras dúvidas, nomeadamente como fazer vídeos profissionais e eficazes para a sua comunicação. Precisamente por isso criamos este artigo onde deixamos 7 dicas essenciais para qualquer negócio começar a apostar na criação de vídeos.

O vídeo pode dar vida à sua empresa, transmitindo a missão, produtos e serviços de uma forma que chama a atenção. Para maximizar a eficácia dos seus vídeos online, siga estas indicações em baixo.

O que fazer para ter sucesso ao editar um vídeo online?

Seja breve

A atenção média continua a diminuir, portanto, quanto mais curto for o vídeo, melhor.

Vídeos mais longos podem ser eficazes em certos casos – como discursos, apresentações e demonstrações de produtos complexos – mas, em geral, os vídeos não devem ter mais de dois minutos de duração.

Para mais informações sobre a duração ideal de tipos específicos de vídeos, confira artigos disponíveis sobre a duração de vídeos online.

Faça um vídeo de boa qualidade

Use um microfone de qualidade e grave em alta resolução 720p ou HD, que possui uma resolução de 1280×720. Você também deve usar uma proporção de 16: 9 widescreen.

Usar um site de hospedagem de vídeo, como o YouTube ou Vimeo, mantém o carregamento do seu site mais rápido e também pode funcionar como uma tática de SEO.

No entanto, se você deseja enviar vídeos para o seu site, mantenha os arquivos com menos de 1 GB e use formatos como .mp4, .mov, .flv.

Não reproduza automaticamente

Configurar o seu vídeo para iniciar automaticamente assim que a página carregar é uma ótima maneira de irritar os seus clientes e solicitá-los a deixar o seu site.

competitive research tools  

Dar ao seu público o controlo através do clique para reproduzir sobre os seus vídeos é a coisa mais educada a fazer. A única exceção possível é para vídeos em páginas de destino, quando você tem uma mensagem específica e um tempo limitado para entregá-la.

Vídeos de reprodução automática podem ser uma boa opção aqui, mas faça um teste A / B para se certificar de que não está a afastar os clientes.

Inclua um apelo à acção (Call-To-Action)

Você chamou a atenção do espectador com um ótimo vídeo que prendeu o seu interesse até o fim? Óptimo!

Então, inclua uma frase de chamariz forte e específica para levar o espectador à próxima etapa, seja “preencha o formulário para descobrir como podemos ajudá-lo”, ou “inscreva-se agora para um teste gratuito”, ou ainda “inscreva-se num webinar para saber mais ”, ou finalmente algo como “ leve-me à página de produtos ”.

Basicamente, crie uma frase que tenha um apelo à acção, também conhecido como Call-To-Action, que dê ao utilizador um caminho claro mais adiante no seu funil de vendas.

Não se esqueça do SEO

Para garantir que seu vídeo seja bem classificado, inclua um título rico em palavras-chave com menos de 70 caracteres (para que não seja cortado), uma descrição, uma miniatura de URL, duração, data de upload e uma transcrição para fazer o vídeo mais amigável para pesquisa.

Preste atenção aos resultados através de análises

Extraia os dados analíticos para ver se os seus vídeos estão a funcionar da maneira que você deseja. Os principais dados a serem rastreados incluem:

Visualizações únicas

Que percentagem de pessoas que encontram o vídeo optam por assistir

Há quanto tempo eles estão a ver

Quais as partes do vídeo que são vistas mais de uma vez

Quantas visualizações realizam a ação solicitada pelo CTA

Use pessoas

Mesmo se o seu vídeo estiver a apresentar o seu produto, a sua sede ou algum outro objeto inanimado, use um ser humano. Estamos programados para achar a interação face a face mais envolvente e influente, e o seu vídeo deve reproduzir essa sensação pessoal.

POSTS RELACIONADOS

 

Share this article

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *