Home / Estratégia Digital /

As 4 melhores maneiras para promover o seu negócio na Internet

As 4 melhores maneiras para promover o seu negócio na Internet

Share this article

 

Para sobreviver e crescer, a sua empresa precisa de clientes. Para conseguir clientes, você precisa promover o seu negócio. Nos bons velhos tempos esta era uma questão de decidir entre um panfleto, um folheto, um cartão postal ou um anúncio no jornal local. Mas no mundo digital de hoje, as possibilidades são infinitas.

Portanto, se você está lutando para descobrir as melhores maneiras de promover o seu negócio; ou mesmo quais são suas opções, você não está sozinho e está no lugar certo!

Neste post vou abordar as 4 maneiras mais eficazes de promover o seu negócio na Internet, independentemente de você não ter orçamento, orçamento limitado ou alguma margem de manobra.

Além destas táticas, não se esqueça que promover o seu negócio em plataformas como a Booksy.com é fundamental se você deseja destacar-se dos seus concorrentes e destacar-se para os seus clientes.

Mas, vamos a isto.

4 melhores maneiras para promover o seu negócio na Internet

Aposte no SEO para promover a sua empresa no Google

Usar o Google para promover a sua empresa é óbvio. Capturando mais de 90% da participação de mercado esta é certamente uma das melhores maneiras de mostrar-se aos consumidores que estão em modo de busca ativa por soluções.

SEO = SEARCH ENGINE OPTIMIZATION

Podemos definir SEO como a utilização de técnicas que visam a melhoria do posicionamento nos resultados de busca dos motores de busca: Google, Bing e Yahoo.

Pesquisas revelam que 90% dos utilizadores pesquisam por produtos e serviços na Internet antes de realizar uma compra. Por isso é fundamental perceber o que querem e como querem os consumidores que andam na Internet.

1 – Entenda seu público-alvo e como as suas personas pesquisam

2 – Crie conteúdos baseados nas dores e sonhos

3 – Inserção de título, descrição e meta tags em todas as páginas do website ou artigos do blog através do plugin SEO

4 – Títulos no corpo da página: h1, h2, h3, etc…

5 – Disponibilização de links para as redes sociais da empresa/blog

6 – Aplicação de Google Analytics + Google Search Console para medir os resultados

7 – Inserção de ficheiros robots.txt e sitemap.xml no servidor de alojamento

8 – Use palavras-chave adequadas

9 – Tenha em atenção a densidade das palavras-chave

10 – Crie sempre uma URL amigável e seja sucinto nos urls de um website ou blog

O Google tem um enorme conjunto de critérios que aplica sobre cada página para a pontuar e classificar. Estes critérios são a base da classificação. Descobrindo os critérios, trabalhando cada um deles melhor do que os concorrentes é possível ficar melhor posicionado no Google.

Existem duas categorias de critérios: os critérios internos, que dizem respeito à própria página; e os critérios externos, que dizem respeito ao ambiente no qual o site se encontra – a web.

Os critérios internos são como as variáveis controláveis do marketing – temos o poder de mudar quando desejarmos, portanto, são passíveis de manipulação.

Podem ser listados como critérios internos, o título da página, as metatags, as palavras-chave contidas no conteúdo do serviço, os links internos de uma página para outra, as palavras em negrito e como texto âncora, a URL (endereço da página), a idade do domínio e vários outros, que podem estar visíveis ou não para o utilizador, mas certamente visíveis para o robot do Google.

Além dos critérios internos, mencionados anteriormente, há também os critérios externos.

Por exemplo: a quantidade de sites que tem links externos a apontarem para determinadas páginas dentro do site, a importância e a relevância de cada um desses links, a quantidade de pessoas que visita o site por meio da busca natural do Google.

O trabalho de Link Building visa precisamente estimular os dois tipos de critérios referidos.

RECOMENDAÇÃO FINAL: Clique aqui neste link e veja o Curso Gratuito do Neil Patel sobre SEO

 

Invista algum dinheiro no Google Ads

Embora o SEO ajude você a chegar ao topo das páginas de resultados ela não deixa de ser uma estratégia de longo prazo que pode levar semanas, até meses para começar a ver os resultados. Para uma exposição mais imediata, e se você tiver orçamento, o Google Ads é a melhor opção.

Os anúncios do Google Ads são exibidos no topo das páginas de resultados do mecanismo de pesquisa, acima das listagens orgânicas e locais. E entre os mecanismos de pesquisa disponíveis, o Google é de longe o mais popular não apenas porque controla a maior parte do tráfego do mecanismo de pesquisa, mas também por causa de seu alto nível de flexibilidade, recursos de construção de anúncios e métricas de desempenho detalhadas.

Embora dominar o Google Ads leve algum tempo e também muitas tentativas e erros, uma campanha otimizada vale muito a pena o investimento.

A publicidade no Google pode ser feita por meio de anúncios de texto na Rede de Pesquisa ou anúncios de banner de marca na Rede de Display.

RECOMENDAÇÃO FINAL: Clique aqui neste link e aprenda mais sobre Google Ads com os nossos artigos

 

Crie uma estratégia para Facebook

O Facebook tem uma grande importância na estratégia de redes sociais qualquer parte do Mundo, porque é a rede social com mais pessoas e que permite segmentar de maneira exata o público-alvo quando se realizam ações promocionais.

No início de uma fanpage recomendo sobretudo apostar na publicação contínua de conteúdo durante 6 meses para depois ler as métricas e entender quais os melhores dias e horas para publicar os posts diários e outras conclusões

É fundamental utilizar o Facebook Insights!

Existem vários recursos que você pode utilizar no Facebook para promover o seu negócio. Aqui estão alguns:

Perfil Facebook

competitive research tools  

Página de Fãs no Facebook

Grupos no Facebook

Facebook Live

Eventos do Facebook

Facebook Ads

Facebook Messenger

É muito importante:

Accionar alguns aplicativos que interliguem a conta do YouTube, Instagram, Pinterest, Twitter (para auxiliar nesta tarefa podemos utilizar a ferramenta Woobox)

Harmonizar o aspecto gráfico da comunicação publicando imagens / banners CTA com a utilização do Canva, por exemplo

Criar textos institucionais credíveis e eficazes

Inserir mensagem automatizada para tentar capturar leads numa Isca Digital quando alguém começa a seguir a página de fãs

Preparar o caminho para uma publicação contínua de artigos e informação, estudando a concorrência e aumentando a audiência qualificada com ferramentas

Também deve começar a realizar diariamente Likes e shares em outras páginas de Facebook

A estratégia adotada deve incluir a publicação de links internos do projecto online seja do website, landing pages ou do blog

Por exemplo, 3 a 5 posts diários do blog de apoio é altamente recomendado

Mas também a publicação de links externos de qualidade é importante

Assim como fotografias, gifs e vídeos criação própria e de produção externa

Os produtos/serviços de venda direta devem ser promovidos apenas 1 vez de 5 em 5 posts

Pelo menos um desses 5 posts corresponderá a um link externo (de terceiros) com ligação para notícias/artigos relevantes do sector

Desta forma, criaremos uma comunicação equilibrada e atrativa que assenta numa equação de 80% de conteúdo e 20% de venda

RECOMENDAÇÃO FINAL: Clique aqui neste link e veja o Curso Gratuito do Neil Patel sobre Facebook

 

Incorpore o Instagram na sua Estratégia Digital

O Instagram, como todas as redes sociais, tem as suas regras, limites e parâmetros de utilização bem definidos. Mas existem muitas razões para os negócios terem uma presença constante e estratégica no Instagram, que actualmente é considerada a rede social com maior crescimento e maior engajamento da Internet.

Apesar de ser a maior mina de ouro da Internet actualmente, a verdade é que nem sempre é fácil gerir contas do Instagram, publicar com regularidade para manter a consistência nos conteúdos e ainda ganhar dinheiro com essa estratégia

O que pretendemos sobretudo no Instagram é criar inicialmente uma legião de seguidores enorme, que no futuro seja potencializada com imagens de mensagens de apelo comercial.

Com ajuda de ferramentas qualquer pessoa consegue publicar regularmente de forma a criar engajamento em contas Instagram, criando reputação e autoridade dentro do respectivo nicho de mercado.

Apenas depois dessa fase deve apostar em campanhas específicas (com sequências pré-definidas) para obter retorno do interesse gerado via Instagram.

1- Crie uma página profissional e não pessoal

2 – Conceba uma estratégia da marca antes de começar

3 – Edite as suas definições de partilha

4 – Defina um estilo para as suas fotografias

5 – Insira as suas fotografias do Instagram no blog/website/Facebook

6 – Automatize a disseminação das suas publicações no Instagram através do IFTTT

7 – Incentive os seguidores com códigos promocionais exclusivos

8 – Partilhe fotografias em que tenha sido identificado

9 – Organize um concurso de fotografia

10 – Dê-se a conhecer fazendo likes em fotos e seguindo outros utilizadores

11 – Utilize as hashtags, investigue antes quais são mais usadas e use-as

12 – Utilize e promova o link do perfil como alvo preferencial da atenção dos seus seguidores

RECOMENDAÇÃO FINAL: Clique aqui neste link e veja o Curso Gratuito do Neil Patel sobre Instagram

 

POSTS RELACIONADOS

 

Share this article

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *