Home / Estratégia Digital /

Uso de QR Code na Saúde diminui risco de fraude e garante veracidade

Uso de QR Code na Saúde diminui risco de fraude e garante veracidade

Share this article

    

A tecnologia do QR Code já é utilizada em diversas áreas, desde a entrada de um concerto até para fazer um pagamento. A sua eficácia fez com que os mais variados segmentos a adotassem, e não seria diferente na área da saúde, como por exemplo acontece em laboratórios, hospitais ou numa clínica dentária.

Uma das formas que essa tecnologia é aplicada neste segmento é nos resultados de exames médicos. Além de ser uma alternativa rápida, é um meio que garante a segurança do resultado, visto que o risco de fraude diminui consideravelmente.

O QR Code nos exames médicos permite que a veracidade das informações possam ser facilmente verificadas. Ao fazer a leitura do QR Code, ocorre a abertura de uma página web onde uma cópia do exame é apresentada. Assim, é possível confrontar as informações entre o documento apresentado pelo paciente e o documento do sistema.

 

Segurança garantida pelo QR Code na Saúde

O QR Code, que significa Quick Response Code, existe desde os anos 1970 e consiste em um gráfico 2D que pode ser lido por câmaras da maioria dos celulares do mundo.

Nos últimos meses, alguns países tornaram obrigatório, tanto na entrada como na saída de viagens internacionais, a apresentação do exame molecular de antígeno RT-PCR negativo, 72 horas antes do embarque. Por este motivo, o uso de QR Code nos resultados dos exames começou a ser requisitado, para evitar fraudes e/ou adulterações no laudo médico.

50% of your traffic is mobile - is your WordPress website ready?
 

O Egipto, por exemplo, foi um dos primeiros países a tornar obrigatória esta exigência, que pede, além dos QR Codes, o exame PCR impresso e com carimbo do laboratório, até 96 horas antes do embarque. A comprovação por meios eletrónicos identifica a clínica ou o laboratório no qual o teste foi realizado, além de data, horário e local.

Laboratórios de análises clínicas ao redor do mundo já passaram a aderir o uso do QR Code nos resultados de exames médicos. Repetindo, esta tecnologia pode ser útil em qualquer situação médica, seja num exame, ou numa fatura emitida por um hospital, laboratório ou pelo melhor dentista Lisboa.

Segundo dados recentes, alguns países, como Alemanha, Bolívia, Canadá, Catar, Equador, Peru, Paraguai, Índia, Itália, Suíça, Turquia, entre outros, exigem o RT-PCR com resultado negativo emitido até 72 horas antes do embarque. Comprar ou vender um teste falsificado é crime, podendo resultar em fraude e prisão.

No Brasil, por exemplo, diversos casos desse tipo de fraude já foram noticiados, inclusive em atestados médicos trabalhistas, sendo que o QR Code também pode evitar este tipo de fraude no ambiente corporativo.

Outro documento que pode ser obrigatório para a entrada em alguns países é o comprovativo de vacinação. O certificado digital de vacinação também está disponível e conta com a tecnologia do QR Code, garantindo segurança e a sua autenticidade.

POSTS RELACIONADOS

 

Share this article

Leave a comment

Your email address will not be published.