Home / Estratégia Digital /

Digital Einstein: Aceda aos documentos de Albert Einstein

Digital Einstein: Aceda aos documentos de Albert Einstein

 

Génio, sem dúvida, louco, segundo alguns. Estes são apenas dois dos adjetivos que poderiam ser usados para caracterizar o físico alemão, Albert Einstein. Nascido em 1879, o cientista deixou um legado que não deixa nenhum indiferente. As suas pesquisas romperam com conceções anteriores e foram capazes de abrir as portas para estudiosos que vieram depois de si.

Em jeito de homenagem e com o objetivo de partilhar a genialidade de Einstein, a Universidade de Princeton, nos Estados Unidos da América, e a Universidade Hebraica de Jerusalém decidiram publicar os documentos que são conhecidos como os “Pergaminhos do Mar Morto” do universo da Física.

A iniciativa chama-se Digital Enstein e tem a forma de um portal online, onde qualquer um pode aceder a mais de 80 mil cópias de documentos escritos pelo próprio Albert Einstein, assim como conhecer documentos inspirados nas teorias do autor. Depois de escolher o documento e o capítulo pretendido, o internauta terá acesso a um navegador digital que permite uma leitura no ecrã do computador ou tablet.

Além da componente teórica mais virada para todos os estudiosos, o website pode também cativar o interesse de todos os que se interessam pela vida daquele que foi um dos maiores génios de todos os tempos. Cartas  de amor, registos relativos ao divórcio ou documentos escritos na altura do colégio – com as primeiros rascunhos sobre a teoria da relatividade – são apenas alguns dos recursos que poderá encontrar neste website.

A teoria da relatividade de Albert Einstein

Curioso por natureza, Albert Einstein dedicou levantou incógnitas e questionou as teorias pré-existentes. Embora tenha estudado vários campos, a teoria da relatividade é provavelmente a teoria do autor que todos mais facilmente reconhecem.

Rompendo com a ideia de Newton de que o tempo e o espaço eram variáveis absolutas e independentes, Eisntein criou uma nova teoria – a teoria da relatividade – onde defendia que os conceitos estão interligados.

Num exemplo extremamente simples, o autor comprovou o seu ponto de vista: “ponha a mão dentro do formo durante um minuto e diga se não parecerá uma hora”; por outro lado, se estiver “sentado ao lado de uma bela rapariga, verá que uma hora parecerá um minuto”. De forma simples, “é isto a relatividade“.

Com o passar do tempo, a teoria tornou-se tão popular nos Estados Unidos da América que eram muitos aqueles que passavam na rua e lhe pediam para explicar “aquela teoria“. Cansado de tantas abordagens, o cientista arranjou a resposta perfeita. Sempre que lhe faziam a pergunta, respondia: “Perdão, sinto muito! Sou sempre confundido com o Professor Einstein.”

 

A sua importância do Nobel da Física de 1921 é tão grande que o seu legado não é só sentido no mundo da Ciência. Na cultura pop, o nome Einstein é um sinónimo de genialidade.

LEIA AGORA MAIS ARTIGOS INTERESSANTES RELACIONADOS:

Descubra os livros mais lidos de Marketing Digital

30 livros sobre Websites

25 Cursos de Marketing Digital

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
Mídia Kit Blog Estratégia Digital

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]