Home / Aplicativos /

10 grandes empresas a investir na Internet das Coisas

internet das coisas

10 grandes empresas a investir na Internet das Coisas

 

Apesar de ter sido amplamente discutido nos últimos meses, o conceito de Internet das Coisas não é novo. Utilizado pela primeira vez em 1999, o termo começou a ser usado para descrever a tendência de que a Internet fará parte do nosso dia-a-dia como nunca nenhuma outra tecnologia o conseguiu.

Tablets, smartphones e outros objetos do quotidiano permitem que a Internet esteja ao alcance do utilizador em qualquer espaço. Não precisa de recorrer a um computador fixo ou laptop para navegar na web. De acordo com a Internet das Coisas, a rede vai estar ao seu alcance quando precisar dela: no frigorífico, no carro e até mesmo no metro.

Neste post, tentamos perceber o que está a ser feito para dar forma à Internet das Coisas. A partir da lista elaborada pelo site Fast Company, apresentamos 10 empresas inovadoras que estão a dar passos decisivos neste novo nicho do mercado, implementando projetos com Internet das Coisas.

10 empresas que estão a trabalhar com a Internet das Coisas

Kickstarter

index

O Kickstarter é o maior site de financiamento coletivo do mundo. Seja qual for o seu projeto ou ideia, basta criar uma conta nesta plataforma e começar a procurar financiadores. Além de trazer dinheiro para startups da Internet das Coisas, também inunda os empreendedores com uma comunidade de clientes dedicados. Tem uma ideia genial? Então faça login.

A plataforma foi considerada uma das mais importantes do mundo da Internet das Coisas por estimular o financiamento. Neste mercado ainda em exploração e crescimento, o Kickstarter funciona como um verdadeiro impulsionador de projetos.

Samsung

Samsung-Logo

A Samsung tem travado uma longa batalha com a Apple nos últimos anos, especialmente no que diz respeito a smartphones. Porém, apesar da preferência para os iPhones da Apple, destacamos neste post que a Samsung está mais à frente na área da Internet das Coisas.

Após o investimento numa nova e variada gama de dispositivos inteligentes, a Samsung pretende suprimir necessidades básicas da vida doméstica: frigoríficos que o avisam quando os itens perdem a verdade, máquinas de lavar a louça que decidem a melhor hora para lavagem, aspiradores controlados pelo seu smartphone, entre outros. Todos estes produtos estão a ser desenvolvidos pela Samsung.

Spark

logo

A Spark soluciona um problema muito grave relacionado com a Internet das Coisas: como atualizar sites e aplicativos sem os ligar a um hardware. A empresa fornece uma plataforma simples, baseada em Arduino, com wifi e espaço de prototipagem rápida. Desta forma, é possível criar e implantar de forma rápida, dispositivos conectados à internet.

A plataforma de nuvem permite que os desenvolvedores reprogramem remotamente os seus produtos, construam interfaces web e app acedendo a todos os dados de uma API pré-construída. O irrigador automático Lono e o CleverPet, uma consola de videojogos para cães, já beneficiaram com o serviço desta empresa.

IFTTT

IFTTT_Logo.svg

A empresa IFTTT conquistou a comunidade geek quando permitiu que os seus utilizadores encomendassem serviços específicos à empresa. Que tipo de serviços? Algo tão simples como dizer: “Se alguém mencionar o nome da minha empresa, manda-me um e-mail”.

No tem, o IFTTT também tem virados os seus olhos para a Internet das Coisas. Assim, imagine que agora podia pedir a um website para controlar o aquecedor da sua casa ou para partilhar automaticamente nas redes sociais os quilómetros que percorreu naquela corrida que deu hoje de manhã? No website da IFTTT, começam a surgir este tipo de serviços, entre os quais se destacam também agendar a alimentação dos peixes pelo smartphone.

London Underground – Transport for London

Underground.svg

O London Underground assegura o transporte coletivo ferroviário da cidade de Londres há mais de 150 anos. No entanto, o mundo vitoriano e as mais modernas técnicas de transporte têm-se encontrado. As carruagens do metro integram agora sensores conectados à nuvem. Assim, os responsáveis pela condução dos veículos podem detetar problemas em tempo real, perante um conjunto de painéis de controlo em vez de terem de trabalhar com as técnicas antigas de manutenção.

Ar condicionado, câmaras de vídeo, alertas automatizados e vibração de equipamentos: tudo pode ser controlado pelo condutor a partir de um painel inovador. O London Underground prepara-se para o futuro.

Microsoft

partner1

Como seria de esperar, a Microsoft consta nesta lista. Recentemente, provou que abraça bem o conceito da Internet das Coisas ao anunciar a distribuição livre de licenças do Windows 10 para dispositivos com ecrãs menores do que 9 polegadas. Além disso, prometeu ajudar startups relacionadas com o mercado de automação residencial.

 

Recentemente, a Microsoft anunciou ainda que estava empenhada em explorar os potenciais da Internet das Coisas. Ao lado de vários parceiros, a empresa procura incorporar a tecnologia em todo o tipo de “coisas”, incluindo elevadores, ferramentas inteligentes de manutenção de saúde e sistemas de resposta de emergência na cidade de Nova Orleães.

Quirky

quirky_416x416

A incubadora de produtos Quirky assumiu-se no mercado com um novo aplicativo: o Wink. Basicamente, o utilizador passa agora a controlar uma variedade de dispositivos com ligação à Internet, incluindo lâmpadas, câmaras de segurança e termostatos. Tudo que precisa é de uma aplicação no seu dispositivo iPhone ou Android. A ideia é concentrar num dispositivo já utilizado pela pessoa o meio necessário para gerir todos os outros dispositivos.

Neste momento, pode pré-aquecer o forno, acender as luzes da sala de estar, verificar se se lembrou de trancar a porta da frente, entre outras funcionalidades. O Wink funciona com produtos específicos.

Nest Labs

Nest_Labs_logo.svg

 

A empresa Nest expandiu-se e, além da sua linha de termostatos e detetores de fumo, anunciou recentemente câmaras wi-fi. Tais equipamentos funcionam com conjunto com outros dispositivos, como acontece com os carros inteligentes. Imagine que está a conduzir para casa, num dia de chuva e frio: o ideal seria a chegar a uma casa aquecida pronta para o receber. Com a tecnologia Nest, pode facilmente aumentar a temperatura da sua casa a partir do veículo.

Mas além de carros inteligentes, o Google está a expandir a sua plataforma Android a telefones, TVs e outros dispositivos como smartwatches.

Tesla Motors

Print

E por falar em carros inteligentes… falamos também da Tesla Motors. Com um design elegante e motores elétricos, o carro inteligente da Tesla tem sido bastante aclamado. No início de 2014 a empresa fez um acordo com a empresa de comunicações AT&T para fornecer conectividade sem fio para os veículos.

Dessa forma, um carro inteligente é capaz de fornecer diagnóstico remoto seguro, mapas atualizados e está habilitado para a internet, proporcionando entretenimento para condutores e passageiros.

integration-salesforce

A Salesforce é uma empresa de computação em nuvem corporativa e está muito empenhada em trazer a Internet das Coisas para o local de trabalho. O software da Salesforce permite que os funcionários de uma empresa controlem os seus dispositivos wearables, nomeadamente os Google Glasses, smartwatches Samsung ou faixas de controlo gestual Myo.

Imagine um mundo onde cirurgiões podem usar o Myo para pedir raios-x com um gesto sem ter que parar de trabalhar para lavar as mãos ou inspetores de canais de tubagem a usar Google Glasses para gravar notas de voz e tirar fotografias mesmo com as mãos ocupadas. A Salesforce acredita que a Internet da Coisas pode fazer deste cenário uma realidade.

LEIA AGORA OUTROS ARTIGOS RELACIONADOS NO NOSSO BLOG:

Ainda não tens o Livro 8Ps do Marketing Digital?

Project Loon: Balões que levam a Internet a todo o mundo

Facebook e Google ajudam a combater a Ébola

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
8ps

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]