Home / Estratégia Digital /

Os 15 principais erros do Marketing Digital

Os 15 principais erros do Marketing Digital

 

Sendo uma área relativamente recente, o Marketing Digital está cheio de mitos que o podem induzir em erro. E embora não haja dúvidas de que a Internet é uma excelente fonte de informação, a verdade é que nem todos os conteúdos se adequam à sua situação ou à sua empresa É, por isso, necessário distinguir o que é melhor para si e elaborar uma estratégia de marketing digital à sua medida. Leia este artigo até ao fim e conheça os principais erros do marketing digital.

Em primeiro lugar deixamos-lhe o seguinte conselho: assimile o conhecimento, crie um método e mantenha uma mente aberta às novidades diárias que a Internet tem para lhe oferecer. A verdade é que todos os dias surgem novas aplicações, programas ou serviços que lhe podem trazer mais-valias. Mantenha-se atualizado e corrija os erros cometidos ao mesmo tempo que os vai identificando.

Salientamos, no entanto, que não vale a pena tentar executar tarefas dispersas. O melhor será estabelecer prazos e metas para que não perca o fio à meada e de forma a que se mantenha focado no seu objetivo. Para o ajudar neste processo, fizemos uma lista dos 15 erros mais cometidos no universo do marketing digital. Estude casos anteriores e evite errar onde os outros erraram.

Lista de erros do Marketing Digital

1. Qual é o seu público-alvo?

Se não souber responder a esta perguntas sem ter de pensar duas vezes, então algo está errado. Só conhecendo ao pormenor os seus consumidores é que poderá ir ao encontro aos seus problemas e necessidades.

2. Não seja “egocêntrico”

É muito comum as empresas falarem demasiado sobre si, descrevendo todas as suas qualidades sem se preocuparem com aquilo que realmente importa: o cliente. Nos seus textos institucionais, newsletters ou posts do Facebook, procure valorizar o seu cliente. Apresente os seus serviços, destacando o quão úteis estes são para tornar melhor a vida do seu consumidor.

3. Não impinja produtos e procure ensinar

Um erro frequente é pensarmos que temos sempre de falar de um produto, pois só assim conseguiremos aumentar as receitas. A verdade é que no total de conteúdos publicados, só cerca de 10% a 20% devem ser de venda. Os restantes conteúdos devem ser informativos e ensinar qualquer coisa ao seu cliente. Só assim aumentará o engajamento e, numa fase posterior, vender.

4. Seja direto

Muitas empresas tentam surpreender os possíveis compradores, investindo em textos com uma linguagem extremamente rebuscada, quase poética até. Esquecem-se, no entanto, que simplicidade é sinónimo de eficácia. Aposte em textos diretos e objetivos. Desta forma, o consumidor não sentirá que está a ser enganado.

5. Evite tecnicismos

Estando no mercado há algum tempo, é normal que possua mais conhecimento sobre a sua área profissional e que domine determinados termos técnicos. No momento da escrita ou da venda, tenha a preocupação de tentar verificar se a grande maioria da população perceberia aquilo que está a tentar comunicar. Desmonte tecnicismos, explique-os e opte por uma linguagem simples.

6. Uma linguagem simples não é uma linguagem simplista

Vale a pena recordar o ditado:”nem oito, nem oitenta”. Tenha o cuidado para não simplificar demasiado ao ponto de retirar autoridade às palavras. É importante que o consumidor tenha a sensação que você sabe daquilo que está a falar. Só assim terá confiança para avançar para o ato de compra.

7. Opte por uma estratégia consistente

A consistência é um fator extremamente importante. De forma subliminar, dá ao cliente confiança para que possa avançar para a compra. Encontre uma estrutura que se adapte às suas necessidades e utilize-a sempre. Falamos, por exemplo, das fichas técnicas dos produtos. É importante que crie um cabeçalho igual para todos os produtos e uniformize a comunicação.

MarketSamuraiBanner2

8. Pense em conteúdos para novos e velhos consumidores

É muito comum as empresas focarem-se na expansão e criarem conteúdos apenas para possíveis novos clientes. Procure fidelizar o consumidor e pense em artigos específicos para ele. Evite que o seu site se torne aborrecido para quem já o conhece.

 

9. Tenha em atenção o SEO

Não escreva de forma aleatória. Procure as palavras-chave que o seu público-alvo mais utiliza e use-as na produção dos seus textos e no campo das palavras-chave do seu post. Faça uma pesquisa e apreenda quais as melhores técnicas de SEO (Search Engine Optimizer) para o seu negócio.

10. Ter conteúdo não basta

Não basta fazer os conteúdos e esperar que as visitas cheguem pelo motor de busca do Google. Embora este aspeto não deva ser, obviamente, ignorado, tenha a preocupação de fazer com que os seus produtos cheguem até ao seu consumidor, através de canais como as redes sociais ou o e-mail marketing.

11. Trate o seu cliente como um amigo

Opte por uma linguagem informal e acabe com a barreira que separa o vendedor do cliente. Partilhe histórias da sua vida, aconselhe conteúdos e trate-o como se de um amigo se tratasse.

12. Não crie textos demasiados longos

Pense no seu próprio comportamento. Quando vê várias páginas de texto, costuma ler até ao fim? Opte por parágrafos pequenos (cerca de 6 linhas, no máximo), crie listas e enumerações e encadeie as ideais de forma simples e direta.

13. Utilize elementos multimédia

Diversifique os conteúdos e introduza-os de forma inteligente. Alterne texto com vídeo , insira imagens e aposte em formas alternativas de apresentar a informação. Gráficos e infografias são uma excelente opção.

14. Responda aos comentários nas redes sociais

Muitas empresas ignoram os comentários feitos nas suas redes sociais. É importante que mantenha alguma proximidade com os seus seguidores. Responda a perguntas e seja cordial com aqueles que falam consigo através do Facebook, por exemplo.

15. Faça posts regulares

De que serve conquistar um seguidor se, pouco tempo depois, ele já se esqueceu da sua página? Faça atualizações regulares nas redes socias e incentive à criação de hábitos de consulta. Ao fim de algum tempo, mesmo de forma inconsciente, o utilizador criará o hábito de ver, colocar gosto ou partilhar o seu post.

OUTROS ARTIGOS RELACIONADOS COM ESTE POST:

Qual a situação do Marketing Digital nas empresas portuguesas?

Descubra os livros mais lidos de Marketing Digital

Ainda não tens o Livro 8Ps do Marketing Digital?

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
OCTOSUITE

Share this article

Comentários

  • Miguel Vete
    04 January, 2016

    Os conteúdos deste site são bastante interessante para quem quer aprimorar-se na internet como meio de ganhar a vida! As dificuldades que nós angolanos temos tidos, é o pagamento dos cursos, dos serviços prestados, agora que os problemas câmbiais estão se agudizando a cada dia, devido aquilo que todos já sabem: a crise!
    Mas ainda quero ter a oportunidade de seguir as dicas deste site para continuar aprender cada vez mais, pois, desejo me tornar para este ano 2016 um expert na área digital.

    • Gonçalo Sousa
      04 March, 2016

      Muito obrigado Miguel pelos comentários, grande abraço e muito sucesso!

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]