Home / Estratégia Digital /

Descubra os benefícios de um site para pequenas empresas

Descubra os benefícios de um site para pequenas empresas

    

Nos dias de hoje em que a tecnologia digital e a Internet influenciam bastante a maneira como vivemos e trabalhamos é chocante saber que ainda são poucos os proprietários de pequenas empresas que apostam na criação de um site.

De facto, os números não mentem: é difícil acreditar que apenas 46% das pequenas empresas têm um site. Esta estatística é confusa, sobretudo quando é do conhecimento geral que as pessoas passam 6 horas por dia na Internet.

Com base nos resultados de uma pesquisa recente, 41% dos proprietários de pequenas empresas relataram que não acham que precisam de um website, revelando que desconhecem assim os benefícios do marketing digital.

Mas na verdade, o que isso significa é que eles provavelmente não sabem os benefícios de ter um site para promover os seus pequenos negócios. Por isso mesmo, hoje elaboramos um artigo com os principais benefícios de um site para pequenas empresas, assim como assinalamos quais os elementos fundamentais que devem constar no mesmo.

Principais benefícios de um site para pequenas empresas

Existem diversos instrumentos de Comunicação Digital que podem ser colocados ao serviço das pequenas empresas, como por exemplo um Site institucional, um Blog, uma Loja de E-Commerce, Banners, Pop-Ups, E-mails e Chats de Conversação.

Então, se existem tantos meios disponíveis porque razão os donos de pequenos negócios devem apostar num website?

Primeiro porque ele será uma ferramenta eficaz para alavancar negócios e permite atingir clientes na sua região de atuação. Ter um website significa poder ser encontrado com mais facilidade e, por isso, aumentar contactos/vendas. Para isso acontecer deve ter em atenção na altura da escolha do domínio onde irá apresentar o seu site. Para saber mais sobre isso, consulte o artigo sobre Top Level Domain para o seu website.

Outro aspecto muito importante é que a simples existência de um site melhora a credibilidade comercial da empresa, enquanto ao mesmo tempo promove a sua presença online.

Desta forma, o negócio pode criar um forte relacionamento com o seu mercado, estando provado que ter um website é uma maneira eficiente de promover o seu negócio, devido ao aumento de reputação e autoridade.

É fundamental perceber também que quando um empresário cria um website ele está a gerar uma ferramenta para geração de vendas, uma montra virtual que mostra o seu trabalho e permite Inclusivamente acompanhar os seus negócios em tempo real, profissionalizando a sua marca.

Agora que já percebeu as vantagens, vamos também assinalar quais são os elementos fundamentais que um site de uma pequena empresa deve conter.

Elementos fundamentais de um site de PME

 

Imagens de qualidade

Possuir imagens de boa qualidade é essencial para criar impacto positivo em relação ao produto/serviço. O dono de um pequeno negócio que aposte num site deve ter cuidado com a proporção texto – imagem.

Existem excelentes bancos de imagens (gratuitos e pagos) que podem ajudar bastante a cumprir com este desígnio. Não se esqueça de ter um logotipo atraente e eficaz. Quanto deve custar o seu logotipo? Depende, existem muitas opções na Internet.

Navegação Simples

A navegação deve ser intuitiva, dispondo informação sobre produtos e serviços em apenas 3 cliques. Os menus devem ter entre 5 a 10 itens no máximo, sendo sempre integradas em todas as páginas os respectivos auxiliares à navegação (exemplo: breadcrumbs).

Página Sobre Nós

A simples existência de uma página dedicada à missão da empresa é muito importante para explicar o que faz e a quem se destina o negócio. É essencial neste caso manter a página simples: dê a informação suficiente para o visitante se interessar, mas não se aborrecer. Esta página pode e deve ser utilizada para humanizar a marca, incluindo fotos da equipa ou instalações.

Call-to-action (CTA)

Determinar o que o site deve fazer ou que ação deve despoletar é outra tarefa fundamental para quem deseja obter sucesso com um site. Os chamados Call-to-action, que são chamadas para a acção do utilizador, devem ser colocados em zonas visíveis e próximos dos itens relacionados.

Em termos de cor devem ser contrastantes com a imagem do site e dizer exatamente o que fazem: “Compre já”, “Download”, “Consulte aqui” são apenas alguns exemplos.

Campo de Pesquisa

Um site sem hipótese de pesquisa não é uma boa ideia. Este campo de pesquisa deve ser de fácil acesso e uso. Normalmente é utilizado o canto superior direito, sendo esta a zona mais popular, pelo que é o local mais fácil e expectável para o utilizador. Obviamente, deve ter tamanho suficiente para escrever termos comuns do website.

Atenção ao Footer / Rodapé

Na zona de footer / rodapé devem ser colocadas informações não prioritárias, mas de interesse para a empresa/negócio.

Pode incluir a repetição de informação utilizada noutros locais, mas habitualmente integra links para o Mapa do site, a informação de contacto, as redes sociais, os termos de utilização e política de privacidades. Seja qual for a aposta, a informação nesta área deve ser útil e simples, ou seja, fácil de usar.

Site Responsive

Adaptabilidade do website a diferentes dispositivos móveis (tablets e smartphones) é crucial nos tempos atuais. O acesso à web a partir destes dispositivos móveis é cada vez maior, pelo que a apresentação e usabilidade de um site num tablet ou smartphone tem hoje a mesma importância do que num desktop.

Para garantir que tudo está conforme, o proprietário do site deve realizar múltiplos testes de adaptabilidade nas diferentes plataformas, sem nunca esquecer que o Google penaliza no ranking todos os sites que não sejam responsive.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
 

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]