Home / E-mail Marketing /

Por que é tão importante pedir autorização para que o Marketing resulte?

autorização

Por que é tão importante pedir autorização para que o Marketing resulte?

Templates

Todos nós, antes de sermos profissionais de Marketing, somos em primeiro lugar consumidores. Por essa mesma razão, ao delinearmos um plano de comunicação, devidamente sustentado com uma estratégia, temos de excluir imediatamente certos erros básicos que continuam a ser cometidos. Muitos destes erros, se formos sinceros connosco mesmos, resultam da nossa própria cobiça em obter resultados de forma rápida e fácil, escapando aos momentos mais trabalhosos do processo. É sempre muito fácil cair na tentação do facilitismo mas o preço a pagar por esse mesmo pecado, mesmo que não seja evidente no início, acaba por se revelar a longo prazo quando os resultados obtidos provam ser muito fracos.

Uma das técnicas que frequentemente vemos ser mal usada no meio  do marketing diz respeito ao direct marketing. Para quem não sabe, o direct marketing engloba as técnicas de abordar diretamente o público acerca do nosso negócio: é o caso do telemarketing, do marketing porta-a-porta e, claro está, do e-mail marketing. No entanto, para que todas estas técnicas resultem, há primeiro uma regra essencial a ser cumprida que dita aos próprios princípios da boa educação que nos foram transmitidos na infância: pedir autorização.

Ninguém gosta de receber uma cambada de informação sem estar interessado. Já lá vai há muito tempo os dias em que o consumidor recebia de braços abertos toda a informação que lhe chegava. Na realidade em que vivemos, em que somos constantemente bombardeados com conteúdos na Internet, na televisão, nas ruas, na rádio e até mesmo nos próprios conteúdos de entretenimento que consumimos, a nossa paciência para lidar com certa informação torna-se menor.

Todo este processo diz respeito, claro, ao facto da Internet estar a dotar as pessoas com uma espécie de poder: a toda a hora e momento, o utilizador procura informação de livre vontade, em vez de ser a informação a chegar até si. Até mesmo no contexto de compras a Internet consegue ser útil ao utilizador, munindo-o com toda a informação de que necessita para toma decisões.

É perante todo este contexto que surge então a necessidade de pedir ao público autorização para encontrar em contacto com ele através de outros meios. Caso contrário, incorre no risco de ser inoportuno e de ser visto como “chato” e “aborrecido” aos olhos do público, mesmo que aquilo que esteja a vender tenha a melhor qualidade do mercado.

Autorização: O que é o marketing de permissão?

Seth Godin, um dos maiores gurus do marketing digital definiu o marketing de permissão da seguinte forma: “É a arte de tornar um estranho um amigo, e o amigo, um cliente.”

Conceptualmente, não há muito mais a dizer aqui: marketing de permissão é o ato de pedir autorização para enviar qualquer ação de marketing para o cliente. Sendo assim, através dele é possível comunicar-se com quem realmente tem interesse no seu segmento de negócio, produtos e serviços. Isso faz com que qualquer empresa crie relacionamento com leads e clientes que sejam duradouros.

Geralmente, esse tipo de prática é adotada em ações de email marketing em que o cliente se inscreve na lista de e-mails de um negócio, para receber uma série de mensagens. Aliás, é neste meio que vemos hoje grandes erros a serem cometidos: empresas a comprar bases de dados para fazer chegar mensagens que se tornam SPAM ou a gerirem mal estas relações com os subscritores quebrando o pacto de lhes fazer chegar conteúdo relevante e de qualidade.

Segundo dados revelados pela Direct Partners, 35% das empresas usam o e-mail marketing como principal ferramenta de divulgação dos seus serviço e 28% destas considera este como o método com melhor desempenho e com maior facilidade de medição de resultados.

Para ter uma maior aceitação do público em receber os seus conteúdos, é preciso ter uma espécie de moeda de troca. Então, ofereça algum tipo de recompensa em troca da permissão para conseguir o endereço de email das pessoas.

Mídia Kit Blog Estratégia Digital

As recompensas digitais são pequenas prendas que o cibernauta receberá depois de se inscrever num determinado formulário.

Posteriormente, receberá um e-mail onde a empresa perguntará ao cliente se quer ou não receber conteúdos relativos ao mesmo assunto de que trata a recompensa digital. E assim se começa uma estratégia de e-mail marketing.

As questões da segurança na Internet estão constantemente em voga. Colocar o e-mail para receber o que quer que seja é um ato de confiança dado pelo utilizador, pelo que a empresa deverá salvaguardar a confidencialidade dos dados.

Procure não exigir demasiado. É frequente vermos formulários complexos que pedem que o utilizador identifique o seu nome, idade e outros dados pessoais. Evite ser tão detalhado. Se o fizer, o cibernauta sentir-se-á reticente e a probabilidade e entrar na sua lista será reduzida de forma significativa.

As recompensas digitais são também chamadas por iscas digitais, já que funcionam como um isco para captar a atenção dos possíveis clientes e fazer com que a lista de e-mails da empresa aumente.

Antes mesmo de vender o seu produto ou serviço, procure ganhar primeiro a confiança do cliente. Uma das maneiras de fazer isso é focando bastante no marketing de conteúdo com a finalidade de trazer coisas novas e que ajudem-o com seus problemas.

Não faça o cliente esperar e garanta que este receba a mensagem de confirmação logo após os registo no seu formulário. As recompensas devem ser facilmente enviadas e descarregadas, caso contrário fará com que o cliente acabe por desistir a maio do processo.

Depois é necessário alimentar a amizade, falando sobre o assunto que na instância inicial motivou a união entre a empresa e o cibernauta. Aqui é necessário tangibilizar o pensamento do cliente e falar sobre os problemas ou desejos que lhe possam dizer respeito. Lembre-se que qualquer tema tem inúmeros meandros e pode ser explorado de mil maneiras diferentes.

Não é só porque o cliente se inscreveu numa newsletter que signifique que ele confia na empresa. Afinal, é necessário conquistá-lo diariamente! Dessa maneira será possível ganhar cada vez mais permissões em troca de mais incentivos, fortalecendo esse relacionamento.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
 

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]