Home / Estratégia Digital /

3 Formas de Utilizar SEO e Conteúdo em Conjunto

3 Formas de Utilizar SEO e Conteúdo em Conjunto

 

A relação entre o SEO e marketing de conteúdo sempre foi um pouco complicada – principalmente no que diz respeito a como se encaixam. Dão-se bem? Estão em desacordo? E se sim, como fazê-los trabalhar juntos?

Se está a tentar aumentar o seu tráfego de pesquisa qualificado, não pode utilizar apenas um destes sistemas, terá de combinar esforços.

Mas, qual a maneira eficaz de o fazer?

Uma das formas de olhar este relacionamento é fazer pedidos de SEO em marketing de conteúdo – embora esta não seja uma maneira muito agressiva.

O SEO requer três elementos essências: palavras-chave, backlinks e uma auditoria técnica do site. Veja então como o SEO e o marketing de conteúdo juntos o podem ajudar a alcançar os seus objetivos no mundo do marketing digital.

Palavras-chave ajudam a gerar ideias de conteúdo

Não há SEO sem palavras-chave e, quem trabalha com marketing de conteúdo sabe que é o melhor conteúdo que ajuda na classificação para os termos mais apropriados com aquilo que os consumidores procuram, por isso, a estratégia de conteúdo efetivo começa com a pesquisa de palavras-chave.

Uma sessão abrangente de pesquisa de palavras-chave começa com um brainstorming simples. Basta pensar nos principais objetivos do seu site e anotar algumas palavras-chave relacionadas. A partir dai, expanda essa lista com a ajuda de ferramentas de palavras-chave.

Aqui ficam duas maneiras de identificar palavras-chave além das que já identificou:

Autocomplete do Google e pesquisas relacionadas: Não há melhor forma de entrar na mente dos consumidores do que o Google. Por exemplo, se quisesse começar um blog “Site to create a blog” é uma pesquisa que o seu público-alvo provavelmente utiliza, mas ao entrar no Google irá ver uma lista de possíveis palavras-chave mais longas.

A partir dai vá andando para baixo e veja as pesquisas relacionadas para obter uma lista adicional de palavras-chave relevantes.

Ferramentas pagas como o SEMrush: Outra opção de verificar potenciais palavras-chave é através da competitividade do termo através do SEMrush. Na página principal, irá ver uma secção com palavras-chave relacionadas, que é outro recurso muito bom para identificar os termos que o seu site ainda não utiliza.

Depois de ter uma lista definida de palavras-chave, pense em como pode usá-las efetivamente além de meios técnicos. Além das meta descriptions e das tags no titulo, aqui tem outras formas de usar a pesquisa de palavras-chave:

Posts de blog: use a sua lista de palavras-chave para criar posts de blog. Por exemplo, voltando ao cheeseburger, pode fazer um post no blog sugerindo vários tipos de hambúrgueres.

Ativos estáticos e dinâmicos: as palavras-chave são um bom ponto de partida para projetos mais criativos. No caso de “melhores coberturas de cheeseburger”, poderá criar uma plataforma interativa que permita aos utilizadores criar os seus próprios hambúrgueres.

Redes Sociais: a pesquisa de palavras-chave irá tambem ajudá-lo a identificar novas oportunidades de promoção social – principalmente através de novas ideias de hashtag.

Backlinks diversos são o resultado direto do conteúdo envolvente

O Google usa links para medir a relevância, autoridade e confiança dos sites. Então, ter vários conteúdos vinculáveis irá aumentar os seus rankings.

Qual o segredo para um conteúdo vinculável? Numa analise a mais de 300 campanhas de marketing de conteúdo através do Moz e Fractl revelou que existem quatro ingredientes fundamentais para um conteúdo altamente compartilhável:

– Ser muito emocional

– Ter um apelo geral

– Comparação

– Ter elementos de cultura pop

Por exemplo no projeto Bulimia.com refizeram os corpos dos super-heróis para corpos mais realistas. Com a ajuda do Photoshop substituíram os bíceps por músculos menos tonificados. Isto resultou em cerda de 1300 menções e mais de 100.000 ações sociais.

Esta campanha funcionou, pois, utilizou todos os quatro ingredientes acima referidos. Isto juntamente com uma estratégia correta de promoção gerou um conjunto diversificado de links e menções de alta qualidade – incluído dofollows, co-citations e atribuições de texto – um conjunto saudável que mostram ao Google que os seus links são naturais!

Uma auditoria ao site irá mostrar onde tem de melhorar o conteúdo

Uma auditoria completa ao site irá permitir que possa examinar com mais pormenor os aspetos mais técnicos do seu site, como se os redireccionamentos estão corretamente configurados, se os URLs e descrições de títulos são únicos para cada pagina, entre outros. Esta auditoria poderá também revelar quais as paginas mais fracas, que será onde o conteúdo envolvente é repetido.

As páginas que geram mais tráfico podem estar desatualizadas, ter pouco ou nenhum conteúdo ou ser muito desordenadas, no entanto existem formas fáceis de contornar a situação:

– Para páginas com pouco ou nenhum conteúdo, junte-as usando um redireccionamento 301;

– Se o conteúdo estiver desatualizado, coloque um lembrete que lhe permita verificar regularmente a página e atualizá-la quando necessário;

– Considere gerar mais conteúdo “verde” para que não tenha de rever frequentemente as páginas;

– Para páginas com demasiado conteúdo, determine se pode melhorar a ligação interna, removendo partes que são explicadas mais detalhadamente noutras páginas.

Há imensas estratégias que lhe permitem obter conteúdo junto do publico correto, e ao entender como o SEO e o marketing de conteúdo se complementam tornará a sua estratégia mais efetiva. No caso da nossa página para seo porto a maior parte da estratégia deveu-se a publicar bom conteúdo em diversos blogs e sites do mercado.

Otimizar aspetos técnicos é o que permite aos mecanismos de pesquisa rastrear o seu site, mas, ter um conteúdo valioso é o que irá levar o seu site ao topo.

 

Rui Sousa é um dos fundadores do Blog Canal Digital

OCTOSUITE

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]