Home / Casos de sucesso de Estratégia Digital /

“The Right Short”: Uma história contada em segmentos de 140 caracteres

“The Right Short”: Uma história contada em segmentos de 140 caracteres

 

Escrever um livro dividido em partes de 140 caracteres. Foi este o desafio lançado ao escritor britânico, David Mitchell. A proposta surgiu inicialmente para promover o lançamento de uma nova publicação, o “The Clock Bones“, mas rapidamente se tornou num sucesso dentro do próprio Twitter.

The Right Short“, nome do conto, foi dividido em pequenos excertos e publicado ao longo de uma semana. Todos os dias, 20 novos posts eram lançados, sendo que no total, foram feitos cerca de 280 tweets. A narrativa inovadora desconstruiu a forma tradicional de contar histórias e permitiu uma aproximação do autor a novos públicos, especialmente às camadas mais jovens que não estão tão familiarizadas com a literatura.

Embora não se considere um adepto das redes sociais, David Mitchell confessa que o potencial artístico da Internet em geral é enorme. Em declarações à BBC, o autor afirmou que a ideia de contar uma história pelo Twitter não foi sua e que surgiu por parte do seu editor. Acrescenta inclusive, que até à data da publicação da narrativa não possuía sequer uma conta pessoal na rede social.

A verdade é que, ainda que página tivesse o nome de David Mithcell, a sua administração ficou a cargo da editora. Uma boa estratégia de marketing, admite o escritor.

O desafio maior, conta, passava pela condensação da história em frases tão pequenas que, quando interligadas, fossem capazes de contar uma história completa, com principio meio e fim. Clique AQUI e leia a compilação que mostra o resultado final deste projeto.

Print

“The Right Short”, uma história complexa escrita em poucas palavras

A curta narrativa de “The Right Short” leva o leitor numa viagem ao ano de 1978, colocando-o na pele de um adolescente que começa a utilizar Valium, um medicamento famoso pelas suas propriedades relaxantes. Absorvido pelos efeitos deste fármaco, o jovem começa a pensar em episódios da sua vida e a descrever os vários encontros que presenciou ou viveu.

Apesar de descrita como positiva, a experiência não fez com que David Mitchell se rendesse à rede social. Ainda assim, o escritor gostou tanto do desafio que não exclui a hipótese de voltar a escrever outro conto com uma estrutura semelhante. “Foi realmente difícil“, disse. “Mas, gosto destas ‘camisas de forças’ e talvez precise do limite imposto por esses ridículos 140 caracteres para inventar algo novo”, continua.

 

Com apenas com 45 anos, David Mitchell é um dos escritores mais importantes do universo literário britânico da atualidade. Ao longo da sua carreira, o autor de “The Right Short” acumulou uma série de prémios, como o Granta para Melhor Jovem Romancista Britânico e o John Llewellyn Rhys Prize. A sua obra mais conhecida é provavelmente “Cloud Atlas”, o livro que inspirou o filme homónimo, realizado por Andy e Lana Wachowski, envolvidos na trilogia Matrix.

Leia conteúdos novos e exclusivos sobre livros e literatura no blog Mundo de Livros.

LEIA AGORA OUTROS ARTIGOS INTERESSANTES E CONSTRUA O SEU PRÓPRIO CASO DE SUCESSO:

12 Casos de Sucesso de Marketing Digital

6 Cursos sobre Redes Sociais

30 livros sobre Redes Sociais

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
Mídia Kit Blog Estratégia Digital

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]