Home / Casos de sucesso de Estratégia Digital /

“The Right Short”: Uma história contada em segmentos de 140 caracteres

“The Right Short”: Uma história contada em segmentos de 140 caracteres

 

Escrever um livro dividido em partes de 140 caracteres. Foi este o desafio lançado ao escritor britânico, David Mitchell. A proposta surgiu inicialmente para promover o lançamento de uma nova publicação, o “The Clock Bones“, mas rapidamente se tornou num sucesso dentro do próprio Twitter.

The Right Short“, nome do conto, foi dividido em pequenos excertos e publicado ao longo de uma semana. Todos os dias, 20 novos posts eram lançados, sendo que no total, foram feitos cerca de 280 tweets. A narrativa inovadora desconstruiu a forma tradicional de contar histórias e permitiu uma aproximação do autor a novos públicos, especialmente às camadas mais jovens que não estão tão familiarizadas com a literatura.

Embora não se considere um adepto das redes sociais, David Mitchell confessa que o potencial artístico da Internet em geral é enorme. Em declarações à BBC, o autor afirmou que a ideia de contar uma história pelo Twitter não foi sua e que surgiu por parte do seu editor. Acrescenta inclusive, que até à data da publicação da narrativa não possuía sequer uma conta pessoal na rede social.

A verdade é que, ainda que página tivesse o nome de David Mithcell, a sua administração ficou a cargo da editora. Uma boa estratégia de marketing, admite o escritor.

O desafio maior, conta, passava pela condensação da história em frases tão pequenas que, quando interligadas, fossem capazes de contar uma história completa, com principio meio e fim. Clique AQUI e leia a compilação que mostra o resultado final deste projeto.

Print

“The Right Short”, uma história complexa escrita em poucas palavras

A curta narrativa de “The Right Short” leva o leitor numa viagem ao ano de 1978, colocando-o na pele de um adolescente que começa a utilizar Valium, um medicamento famoso pelas suas propriedades relaxantes. Absorvido pelos efeitos deste fármaco, o jovem começa a pensar em episódios da sua vida e a descrever os vários encontros que presenciou ou viveu.

Apesar de descrita como positiva, a experiência não fez com que David Mitchell se rendesse à rede social. Ainda assim, o escritor gostou tanto do desafio que não exclui a hipótese de voltar a escrever outro conto com uma estrutura semelhante. “Foi realmente difícil“, disse. “Mas, gosto destas ‘camisas de forças’ e talvez precise do limite imposto por esses ridículos 140 caracteres para inventar algo novo”, continua.

 

Com apenas com 45 anos, David Mitchell é um dos escritores mais importantes do universo literário britânico da atualidade. Ao longo da sua carreira, o autor de “The Right Short” acumulou uma série de prémios, como o Granta para Melhor Jovem Romancista Britânico e o John Llewellyn Rhys Prize. A sua obra mais conhecida é provavelmente “Cloud Atlas”, o livro que inspirou o filme homónimo, realizado por Andy e Lana Wachowski, envolvidos na trilogia Matrix.

Leia conteúdos novos e exclusivos sobre livros e literatura no blog Mundo de Livros.

LEIA AGORA OUTROS ARTIGOS INTERESSANTES E CONSTRUA O SEU PRÓPRIO CASO DE SUCESSO:

12 Casos de Sucesso de Marketing Digital

6 Cursos sobre Redes Sociais

30 livros sobre Redes Sociais

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
OCTOSUITE

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

[instagram-feed]