Home / Marketing digital /

Guia de SEO para todos os novatos de Marketing Digital

guia-de-seo

Guia de SEO para todos os novatos de Marketing Digital

Eduardo Aranha

Share this article

site auditing tools     

Tem procurado nos últimos tempos formas de otimizar o seu site através de técnicas de SEO (Search Engine Optimization)? Não sabe por onde começar? Não se preocupe. Neste post, apresentamos um guia de SEO para o ajudar a começar rapidamente. Saiba ainda como elaborar um plano de longo prazo para o seu site.

Começamos este guia de SEO por falar em METAS. O primeiro passo para qualquer campanha de marketing é a estipulação de metas. Dito desta forma pode até parecer fácil mas atenção: é um processo mais complexo do que está a pensar. Quando falo em definir metas falo em explorar a fundo, expondo todos os detalhes, daqueles que serão os seus objetivos SEO. Para entender melhor, tenha em consideração que estas metas devem às ações que espera que a sua audiência execute quando passar pelo website.

Como ponto de partida, sugiro que faça a si mesmo uma série de perguntas: O que quer realmente para o seu website? Quer aumentar as vendas da sua loja online? Quer aumentar o tráfego orgânico? O que você realmente quer é que as pessoas preencham um formulário de vendas online? A cada uma destas perguntas corresponde uma meta concreta. Ainda assim, há muitas outras metas possíveis que, obviamente, variam conforme o tipo de audiência de um site!

Ao definir as suas metas, vai ser capaz de as introduzir no Google Analytics para que, à medida que for acompanhando a performance do seu website, consiga ver se as metas estão ou não a ser cumpridas. Este é um dos grandes passos a dar a nível de SEO e que permitirá, no futuro, ajustar a estratégia conforme os resultados registados.

MarketSamuraiBanner2

Quando as pessoas pensam em SEO, pensam por norma nas PALAVRAS-CHAVE que os navegadores digitam na caixa de pesquisa do Google. Embora esta seja uma importante componente do trabalho de SEO, não diz tudo sobre a estratégia. As palavras-chave nem sempre são a melhor forma de descrever o que as pessoas colocam nos motores de pesquisa. Em vez disso, encare estas palavras-chave como se fossem uma espécie de frases chave.

Ninguém digita “loja” no Google se está à  procura de um novo smartphone. Mesmo que o volume de pesquisas coloque esta palavra no topo de uma lista, é mais provável que alguém encontre a sua loja se escrever no Google algo como “Rio de Janeiro loja de smartphones” ou “loja de smartphones online”. Esta combinação de palavras é mais longa e vai surgir mais abaixo na lista de resultados que retirou do Google AdWords, mas isso não implica que seja menos eficeinte. Seja descritivo nas suas palavras-chave.

A investigação é a parte mais importante do trabalho de SEO. Cada pequena coisa envolvida no processo tem de ser investigada. Tem de perceber que palavras-chave quer usar, qual o volume de pesquisa dessas mesmas palavras e como figuram entre a concorrência. Aqui, ferramentas como o Google AdWords e o Market Samurai vão ajudá-lo a avaliar as palavras. Não esquecer também de digitar essas palavras-chave no Google para verificar os resultados que aparecem na primeira página. Este é um trabalho que o vai ajudar no futuro.

Não há dúvida de que quando se trata de SEO, o Google pode ser o seu melhor amigo. Uma vez que o Google continua a ser o maior motor de busca do mundo, trabalhar diretamente com esta plataforma vai ajudá-lo a classificar melhor o seu site. O Google utiliza todos os dados que puder sobre a sua empresa de forma a classificar o seu site corretamente.

Devido a isso, recomendo que faça um bom uso das FERRAMENTAS DO GOOGLE. Certifique-se de instalar o Google Analytics no seu site, crie e mantenha um perfil no Google+ e configure o Google Webmaster Tools.

Ao começar, tenha noção do ponto onde se encontra. Faça uma PESQUISA NO GOOGLE sobre você mesmo para saber como é que o motor de pesquisa o vê a si, ao seu site, à sua marca e a qualquer outro vestígio da sua identidade online.

Ao usarmos um motor de pesquisa, a descrição que nos aparece é chamada de META-DESCRIÇÃO. Recorrendo a plugins de SEO, como o Yoast SEO,  pode escrever a meta-descrição, assegurando que é atraente e que inclui as palavras-chave principais relacionadas com o tema do post. Uma das piores coisas pode fazer aos visitantes de um site é enganá-los, anunciando algo na meta-descrição que depois não tem nada a ver com o conteúdo do post.

50% of your traffic is mobile - is your WordPress website ready?
 

Tenha sempre em mente que  quanto maior for o número de links relevantes para o seu site, maior será o tráfego a entrar. Para começar, certifique-se de que a sua empresa está listada em diretórios locais, tais como o Google Local, Yahoo Local, Bing Local, CitySearch, e Yelp. Além disso, aliste-se em diretórios específicos da indústria. Em seguida, visite os sites da concorrência e tente ligar-se a eles propondo parcerias ou comentando ocasionalmente os seus posts. Por último, participe em REDES SOCIAIS.

Guia de SEO: 10 pontos curtos mas eficazes para a sua campanha de SEO

Para finalizar este guia de SEO, terminamos com alguns pontos chave de fácil aplicação.

1 – Faça com que uma metas que definiu no Google Analytics possa ser concretizada a partir da homepage. Desta forma, vai conseguir aumentar as hipóteses de conversão.

2 – Incorpore a sua frase-chave no título de tag do seu site. Para melhores resultados, certifique-se de que a frase-chave é diferente em cada página.

3 – Confira esta lista de 11 ferramentas gratuitas SEO e certifique-se de que tira partida de todas elas.

4 – Coloque a sua palavra-chave principal no texto de forma a que faça um sentido lógico. Não use a palavra-chave de forma leviana e sem sentido.

5 – Equacione a hipótese de investir num bom software de SEO. Entre as várias ferramentas que utilizamos, consideramos que o Market Samurai é um dos melhores softwares disponíveis no mercado. Saiba mais na análise detalhada que fazemos ao software neste post.

6 – Faça de tudo para que o seu site seja fácil de navegar. O utilizador deve ser capaz de executar as metas que estipulou com o menor número de cliques.

7 – Crie links externos que apontem para o seu site. A esta estratégia chama-se de Link Building e pode saber mais sobre como se faz neste post.

8 – Ao publicar imagens no seu blog tenha o cuidado de inserir as palavras-chave na alt tag.

Lemnbre-se que o SEO é uma atividade que nunca termina. Isso não significa que não tenha de martelar o pavimento todos os dias. De tempos a tempos convém verificar os seus resultados de pesquisas, a forma como o tráfego de pesquisa entra no seu site, o número de links que você tem, medir o tráfego e ajustar a sua estratégia para que todos os resultados contribuam para um maior sucesso no futuro.

POSTS RELACIONADOS

 

Share this article

Comments

  • Avatar
    13 February, 2016

    Um trabalho de SEO eficiente passa por várias etapas ate chegar aos resultados pretendidos. Algumas delas muito bem explicadas neste excelente artigo.

    Parabéns

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *